Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

31.07.2007 | 19:52

IBOV – Terreno dos Ursos

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira


Na análise anterior “O que representa a alta de hoje?” destaquei:

O fechamento de hoje, acima da máxima do candle anterior (27/07), representa a possibilidade de ocorrer o teste de uma pequena zona de resistência entre 55.327 a 55.998 pontos.

…o volume de negociações de hoje é inferior aos dias de queda que o antecedem. Isto significa que continuamos dentro do terreno dos ursos (vendedores).

O Ibovespa fechou o mês de julho em ligeira baixa de 0,39%. É o segundo mês do ano (2007) que o IBOV fecha negativo. Em fevereiro as perdas foram de 1,68%. O que representa o fechamento deste mês? No gráfico Mensal (figura ao lado) observe que houve a formação de um Doji na máxima de um grande movimento de alta. Este sinal coloca em “xeque” (jogada do xadrez) o atual movimento de alta deste tempo gráfico.

Na minha opinião, um fechamento do mês de agosto abaixo da mínima deste mês (52.627), representará uma correção maior da tendência de alta no gráfico mensal. Outro detalhe importante a se observar no gráfico acima, é que os touros (compradores) não tiveram força suficiente para fechar acima da resistência em 55.003 (máxima do mês de junho). Enfim, o sinal do mês de julho não foi bom para os comprados.

Gráfico Diário (figura ao lado) – No pregão de hoje, dia 31/07, após o IBOV entrar na pequena zona de resistência (55.327 a 55.998 pontos), destacada na análise anteiror, tivemos uma pressão vendedora fazendo o índice sair de +1,99% para -0,71%. O resultado deste contra-ataque dos ursos (vendedores) foi a formação de uma Shooting Star (variação do padrão, porque o corpo do candle de hoje está dentro do corpo do candle anterior). Este sinal dentro do terreno dos ursos (candle de baixa do dia 26/07) pode ter forte implicação baixista se houver um fechamento abaixo da mínima de hoje (54.169).

O forte volume de negociações de hoje intensifica a probabilidade de ocorrer o que foi destacado no final do parágrafo acima. Se este padrão de baixa se confirmar, a possibilidade do Ibovespa romper o suporte em 52.627 (mínima do mês de julho) será muito alta.

Em resumo, temos os gráficos diário, semanal e mensal com sinais dos ursos (vendedores). Desta forma, acredito que o melhor seja aguardar pacientemente um melhor cenário para comprar novas ações.

Obrigado pela leitura.

30.07.2007 | 20:51

IBOV – O que representa a alta de hoje?

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Na análise anterior “Semana dos Ursos” mencionei que:

A grande queda desta semana pode gerar boas oportunidades para compras ousadas, onde a duração da operação tende a ser curtíssima.

Hoje, dia 30/07, o pregão foi justamente marcado pelos touros (compradores) partindo para o ataque após uma queda substancial do Ibovespa no decorrer da semana passada (23 a 27/07). O fechamento de hoje, acima da máxima do candle anterior (27/07), representa a possibilidade de ocorrer o teste de uma pequena zona de resistência entre 55.327 a 55.998 pontos.

Apesar da alta de +3,12% deste último pregão, observem na figura ao lado do gráfico Diário que o volume de negociações de hoje é inferior aos dias de queda que o antecedem. Isto significa que continuamos dentro do terreno dos ursos (vendedores). Além disso, as oscilações de hoje (30/07) e sexta (27/07) não superam a máxima nem a mínima do forte candle de baixa da quinta (26/07).

Como os touros demonstrariam uma reação que pudesse sinalizar o possível teste do topo histórico (58.292)? Na minha opinião isto ocorrerá caso haja um fechamento acima de 55.998 pontos com um bom volume de negociações.

Enfim, a minha análise dos gráficos Diário e Semanal do IBOV continuam sinalizando uma probabilidade maior para ocorrer o rompimento da mínima da semana passada (52.627), do que o teste do topo histórico. É possível esta probabilidade reverter? Sim, basta ocorrer o que foi descrito no final do parágrafo anterior.

Vamos acompanhar o pregão desta terça-feira, onde teremos o fechamento do mês.

28.07.2007 | 17:23

IBOV – Semana dos Ursos

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

No dia 22/07 destaquei através da análise “Contra-ataque dos ursos“:

Este sinal aumenta a probabilidade de uma correção do IBOV testando a sua LTA (linha de tendência de alta).

Em princípio as formações supracitadas nos gráficos Diário e Semanal sinalizam um possível controle da situação pelos ursos (vendedores) e um alerta para os touros (compradores).

Realmente o que vimos nesta semana (23 a 27/07) foi uma confirmação dos sinais apresentados no final da semana passada (16 a 20/07). O que representa no Ibovespa uma queda de aproximadamente 5.500 pontos? No gráfico Diário (figura ao lado) representa a “quebra” da tendência de alta, ou seja, uma “quebra” da sequência de topos e fundos ascendentes. Esta “quebra” ocorreu na quinta-feira (26/07) e foi confirmada após fechar abaixo de 53.201 na sexta-feira (27/07).

Então quer dizer que no gráfico Diário já estamos em tendência de baixa? Ainda não. Isto somente ocorrerá se houver um movimento de alta que não ultrapasse a máxima histórica (58.292 pontos) e na sequência houver uma nova queda superando a mínima do movimento de baixa atual, no momento em 52.627 pontos. Caso isto ocorra, teremos topos e fundos descendentes no IBOV e a confirmação da tendência de baixa. A figura abaixo ilustra (linha pontilhada) o que escrevi neste parágrafo.


No gráfico Semanal (figura ao lado) tivemos uma forte confirmação de baixa após a ocorrência de um Harami Cross, destacado na análise “Contra-ataque dos Ursos“. Este sinal aumenta a probabilidade da continuidade do movimento de baixa. O próximo suporte do Semanal está em 46.752. Se vai chegar neste suporte não sei dizer, mas é grande a probabilidade de ultrapassar a mínima desta semana (52.627).

A grande queda desta semana pode gerar boas oportunidades para compras ousadas, onde a duração da operação tende a ser curtíssima. O risco da compra é maior, pois na minha opinião é uma operação na direção contrária do grupo dominante (Ursos) no gráfico Diário.

Motivos para a forte queda nas bolsas e a disparada do dólar. Clique aqui e ouça o comentário do Mauro Halfeld, disponível no site da CBN.

Obrigado pela leitura.

26.07.2007 | 20:36

Fuga para ativos mais seguros derruba emergentes

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

P.S.: Este é o título de uma notícia da Reuters.

Veja abaixo uma pequena transcrição:

SÃO PAULO (Reuters) – Sacudidos pela fuga dos investidores em busca de ativos considerados mais seguros, os mercados brasileiros tiveram um dos piores dias do ano nesta quinta-feira. [...] Clique aqui caso queira ler a notícia na íntegra.

A fuga relatada na notícia acima já acontecia há algum tempo. Os investidores estrangeiros, responsáveis pela maior participação (em torno de 35%) no volume total da Bovespa, já estavam com saldo negativo desde o mês de junho/07. No mês de junho as vendas superaram as compras em 2 bilhões de reais e neste mês até o dia 19/07 já se aproximava deste valor. Enfim, o sinal de alerta já havia sido dado pelos invest. estrangeiros.

Aproveite e veja mais dados sobre os investimentos estrangeiros na Bovespa através do artigo “Segue as vendas“. Há também outros artigos relacionados a este assunto disponíveis no menu lateral direito do blog.

Até breve.

26.07.2007 | 19:23

Ursos famintos!

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

IBOVESPA

O dia de hoje (26/07) foi marcado por uma forte pressão vendedora ao longo do pregão, fazendo com que o IBOV chegasse a -6,00% de queda durante o dia. No entanto, ao chegar nos suportes 53.851 (fechamento), 53.201 (mínima do fundo que antecedeu o último movimento de alta) e média móvel de 65 períodos, tivemos uma pequena reação por parte dos touros, fazendo com que o IBOV fechasse em baixa de -3,76%. O gráfico Diário (figura acima) mostra os suportes mencionados, que já estavam traçados há um bom tempo. Os ursos famintos deixaram marcas fortes no mercado nesta quinta-feira.

Na análise “Fortes patadas” mencionei:

Caso haja um fechamento abaixo de 53.201 pontos, teremos o primeiro indício de uma provável mudança da tendência de curto prazo (gráfico Diário)

O suporte acima foi rompido (perfurado) no pregão de hoje. Entretanto, o fechamento do dia (53.853) foi superior a 53.201 e praticamente cravado no suporte de fechamento do fundo do dia 27/06 (53.851). O que isto significa? Que aumenta a importância desta região de suporte, 53.851 a 53.201 pontos, para o início de uma possível tendência de baixa (no Diário) se houver um fechamento abaixo de 53.201 pontos.

Apesar de “respeitar” a região de suporte supracitada, ao fechar abaixo da mínima do candle de quarta-feira (54.520) e também do suporte em 55.003 (máxima do dia 20/06), os ursos sinalizam que eles estão no controle da situação neste momento. Com este sinal aumenta a probabilidade da continuidade do movimento de baixa, caso os touros (compradores) não consigam fazer um fechamento acima da máxima do dia de hoje (55.998).

Pode haver nesta sexta-feira uma “pequena ressaca” dos ursos após uma queda de mais 5.000 pontos em 03 dias? Sim, principalmente após “respeitar” a zona de suporte descrita mais acima. Por outro lado, a continuidade da queda não me surpreenderia, pois também há sinais para isto ocorrer.

O fechamento desta semana pode ser muito importante para confirmar um início de uma correção maior do Ibovespa. Vamos aguardar.

Obrigado pela leitura.

26.07.2007 | 0:47

Touros em ação na região de suporte

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

IBOVESPA

Nesta quarta-feira, dia 25/07, tivemos um dia de grande volatilidade, chegando a registrar queda de mais de -2,00% e fechando o dia com uma pequena alta de +0,37%. Conforme comentado na análise anterior do IBOV, a região de suporte entre 55.003 e 53.201 seria um provável ponto de oportunidades de compras, em princípio de curtíssimo prazo. O que vimos foi realmente isso, ao entrar nesta zona de suporte os touros (compradores) entraram em ação, fazendo com que o dia fechasse com uma pequena alta e um excelente volume de negociações.


Como podemos observar no gráfico Diário (figura acima) houve a formação de um Harami, que sinaliza indecisão. No entanto, na minha opinião se houver um fechamento acima da máxima do dia de hoje (56.409), retornando para cima da LTA e com um bom volume negociações, aumenta a probabilidade para testar o topo histórico (valor de fechamento = 58.124 pontos). O fechamento desta semana será importante para avaliarmos realmente a força de cada grupo (touros e ursos) e quem está no controle da situação para o início da próxima.

Obrigado pela leitura.

 Página 1.166 de 1.174  « Primeira  ... « 1.165  1.166  1.167  1.168 » ...  Última »