Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

20.05.2007 | 22:59

Você possui um roteiro para analisar as ações?

Publicado na(s) categoria(s) Aprendizado, por Dalton Vieira

Meu Roteiro Operacional.

O objetivo deste artigo é servir de apoio para as pessoas que estão iniciando no mercado acionário ou já possuem conhecimento em análise gráfica, mas ainda não tem o seu próprio roteiro operacional.

Após diversas leituras nos grupos de discussão que participo sobre o mercado de ações, decidi descrever qual é o meu roteiro operacional para identificar as oportunidades de entrada em uma ou mais ações.

O meu conhecimento até o presente momento no mercado financeiro foi adquirido através de treinamentos gratuitos e pagos, leitura de livros e diversos artigos sobre este assunto, além de diversas simulações e operações no mercado no decorrer dos últimos 05 anos. Durante este período uma das minhas maiores dificuldades era não ter um roteiro operacional a ser seguido para avaliar o mercado de ações. Atualmente sinto-me satisfeito e focado em seguir o roteiro descrito logo abaixo. Vamos lá!

Durante o final de semana visualizo todas as ações que estão disponíveis na minha base de dados, contendo as cotações históricas das ações negociadas na bolsa de valores Bovespa. No decorrer desta visualização procuro identificar, através dos gráficos Diário e Semanal, as ações que atendem os critérios abaixo.

1. Seleciono as ações de boa liquidez. A seguir itens que verifico:

a. Negociação diária;

b.
Gráfico Diário com movimentos bem definidos (topos e fundos ascendentes ou descendentes) e que possuam candles/barras onde os preços de abertura, fechamento, máxima e mínima não sejam iguais;

* Exemplo de gráfico que atende os critérios acima:
* Exemplo de gráfico que não atende os critérios acima:
2. Analiso o gráfico Semanal das ações que atenderam o critério 1 e filtro as que tiveram um bom fechamento na última semana, sinalizando uma provável alta dos preços, conforme exibido no último candle/barra dos 03 gráficos que estão na figura abaixo:
3.
Analiso o gráfico Diário das ações que atenderam os critérios 1 e 2, visando selecionar as que estão com topos e fundos ascendentes e acima da média móvel de 65 períodos. Veja na figura abaixo um exemplo de topos (T) e fundos (F) ascendentes.
4. Das ações que atenderam os critérios 1, 2 e 3, seleciono apenas aquelas que estão com o OBV (on balance volume) acumulando, ou seja, fazendo topos e fundos ascendentes.

5. A partir deste momento, identifico os suportes e as resistências nos gráficos diário e semanal para cada ação selecionada. Quais são estes suportes e resistências:

a. Máxima dos topos (resistência) e mínima dos fundos (suporte) que compõem os movimentos de alta e baixa dos preços;

b.
Média Móvel de 65 períodos (resistência ou suporte);

c.
Mudança de polaridade, ou seja, suporte que torna-se resistência e resistência que torna-se suporte, conforme exibido na figura abaixo:d. Preço de fechamento, conforme resistência exibida no gráfico abaixo.
6. Neste momento identifico os possíveis sinais de compra em um dos suportes mencionados no item 5. Os sinais de venda nas resistências mencionadas acima são usadas para encerrar operações que estejam em aberto. Que sinais são estes? São os “padrões de reversão ou continuidade” descritos detalhadamente no livro do Steve Nison – Japanese Candlesticks Charting Techniques. Exemplos: Dark Cloud Cover, Evening Star, Morning Star, Bullish or Berish Engulfing, Piercing, etc.

7. Ao selecionar uma ação para compra, analiso se o indicador Climax do Ibovespa e do setor “econômico” da ação (ex. Petróleo) está em um ponto bom para compra ou é melhor aguardar mais um pouco. Para saber mais sobre esta avaliação, leia o excelente artigo do blog de um colega investidor: Você sabe o melhor momento de entrar no mercado?

Observação: Nas minhas análises também visualizo o gráfico Mensal, basicamente com o objetivo de identificar suportes e resistências.

Importante: A minha tomada de decisão para por exemplo efetuar uma compra de uma ação é baseada simplesmente em probabilidades. Jamais afirmo que um preço de uma ação vai subir ou cair, ou então que vai chegar em um determinado preço. Prefiro trabalhar com as probabilidades do preço subir ou cair através da análise gráfica.

Pronto! Este é o meu trabalho de análise durante o final de semana. No máximo gasto 02 horas para executar o roteiro operacional descrito acima. Durante a semana acompanho as ações previamente selecionadas.

E durante a semana, alguma ação pode entrar na lista de acompanhamento? Sim, pode! E como eu faço isto? Descreverei em outro artigo no início desta semana.

Boas análises e investimentos. Obrigado por sua leitura!

16.05.2007 | 20:20

WEGE4

Publicado na(s) categoria(s) Weg, por Dalton Vieira

Nova máxima!

Hoje, dia 16/05, ocorreu uma nova máxima no gráfico Diário (figura ao lado). Esta nova máxima ocorreu após a formação de um Harami no pregão de ontem, o qual sinaliza uma certa indecisão na resistência. O ideal da máxima ocorrida hoje seria um fechamento acima da máxima do Harami em $18,21 e com um bom volume. O lado bom é que fez uma máxima de fechamento maior que os dias anteriores. É ficar atento, pois o preços estão em uma resistência e o volume de hoje foi baixo.

16.05.2007 | 20:01

NATU3

Publicado na(s) categoria(s) Natura, por Dalton Vieira

Por pouco!

Ontem, dia 15/05, quase acionei o stop loss na NATU3. Conforme mencionado anteriormente, se houvesse um fechamento abaixo de $25,50 a compra realizada no dia 09/05 seria encerrada. Observe no gráfico Diário (figura ao lado) que por dois dias seguidos os preços oscilaram abaixo de $25,50, mas não fechou abaixo. O menor fechamento foi ontem a $25,51(por pouco!). O candle de ontem formou um Inverted Hammer que sinaliza uma provável reversão caso no próximo pregão haja um fechamento acima do seu corpo.

Hoje o padrão de reversão ocorrido no suporte de $25,50, que antes era uma resistência, foi confirmado através de um fechamento acima da máxima dos dois dias anteriores. Entretanto, o volume desta confirmação foi baixo. Uma confirmação com volume alto aumenta a probabilidade da subida dos preços. De olho no gado!

15.05.2007 | 22:20

Análises de outras ações

Publicado na(s) categoria(s) Análises, por Dalton Vieira

A seguir outras ações de empresas listadas na Bovespa que foram analisadas aqui no site.

14.05.2007 | 21:53

WEGE4

Publicado na(s) categoria(s) Weg, por Dalton Vieira

Compra realizada nesta segunda-feira.

Conforme estratégia publicada na análise anterior da WEGE4, realizei hoje (14/05) a compra desta ação. Valor de compra: $ 17,10. No pregão de hoje esta ação teve uma forte alta e o que é mais importante, conseguiu romper duas resistências ($17,30 e $17,99), inclusive fechando acima da máxima histórica. Mais uma vez houve um bom volume. A probabilidade da continuidade da alta anunciada no pregão de sexta-feira (11/05) é forte, pois o sinal de entrada teve um bom volume e o rompimento das resistências também.

Importante: Esta ação mais uma vez confirma a importância de seguir sinais de compra que tenham um bom volume de negociação e preferencialmente com o OBV acumulando (de alta). Por isso que na sexta-feira, ao visualizar alta no volume (destacado na figura ao lado) de +195,84% da WEGE4 em relação ao dia anterior, decidi analisar esta ação e que por sinal tinha gerado um bom sinal de compra.

14.05.2007 | 21:27

MYPK4

Publicado na(s) categoria(s) Iochpe Maxion, por Dalton Vieira

Compra adiada!

A possível compra que seria realizada nesta segunda-feira foi adiada devido ao “gap” entre o preço de fechamento da sexta-feira e a abertura de hoje, dia 14/05 (gráfico Diário ao lado). Qual o motivo então de não comprar mais barato? Porque conforme mencionado na análise anterior desta ação, o volume do sinal de compra foi baixo e o OBV não sinalizava nada. Desta forma, neste caso o melhor é ser mais conservador e aguardar um sinal de compra com um bom volume.

 Página 1.286 de 1.288  « Primeira  ... « 1.285  1.286  1.287  1.288 »