daltonvieira.com | Arquivo | Banco do Brasil

Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Banco do Brasil

30.04.2008 | 22:43

Brasil – Grau de Investimento

Publicado na(s) categoria(s) Banco do Brasil, Bradesco, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

Há algum tempo venho destacando o volume de compras dos investidores estrangeiros na Bovespa desde o dia 24/03. O saldo dos investidores estrangeiros (SIE) que estava negativo no ano em R$ 8,04 bilhões até o dia 20/03, passou a ficar positivo em menos de um mês. Na análise da semana anterior destaco esta impressionante evolução.

Ao meu ver este volume de compras dos estrangeiros denunciava o rompimento do topo histórico e hoje (30) ficou claro o motivo destas compras bem superiores as vendas. Resposta: concessão ao Brasil do grau de investimento pela agência de risco Standard & Poor’s. Será que eles já sabiam?!



O Ibovespa confirmou hoje (30) a maior probabilidade do rompimento do topo histórico e fechou o dia em 67.868 pontos, alta de 6,33%. O volume financeiro do dia foi muito alto R$ 7,38 bilhões (antes do after market). As ações dos bancos que também venho destacando aqui no site fecharam o dia em forte alta: BBAS3 +9,64%, BBDC4 +7,45%, ITAU4 +8,41% e UBBR11 +11,83%.

Agora vamos ver se o IBOV chega na expansão de 161,8% do Fibonacci em torno dos 70.000 pontos.

Até breve!

28.04.2008 | 22:35

IBOV – Testando os 66.000 pontos

Publicado na(s) categoria(s) Banco do Brasil, Bradesco, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

IBOV

O Ibovespa abriu a semana oscilando na casa dos 66.000 pontos, mas não houve força compradora suficiente para fechar acima deste patamar e também do maior fechamento histórico do gráfico diário (figura ao lado), atualmente em 65.790 pontos. O IBOV fechou o dia com alta de 0,75% em 65.677 pontos.

Um sinal que poderia significar uma perda de força dos touros (compradores) na tentativa de romper o topo histórico, seria um fechamento abaixo da mínima (65.191) de hoje (28). A perda do suporte em 64.172 também seria um sinal ruim, o que é menos provável no cenário de alta atual.

Investidores Estrangeiros

No dia 24/04, dia em que o IBOV fechou em baixa de 0,57%, os investidores estrangeiros venderam mais do que compraram fazendo com que o saldo do dia terminasse negativo em R$ 218,53 milhões, a segunda vez no mês de abril. O saldo do mês continua bem positivo em R$ 6,17 bilhões.

A seguir a participação dos investidores até no mês de abril até o dia 24/04.


Bancos

Os compradores abriram a semana ávidos por comprar as ações dos bancos. Resultado disso foi um gap de alta nas ações BBAS3, BBDC4, ITAU4 e UBBR11. No entanto, as ações BBAS3 e BBDC4 terminaram o dia formando padrões de reversão de baixa dos candles, chamados de Shooting Star e Dark Cloud Cover, respectivamente.

Na BBDC4 o suporte para o atual movimento de alta está em $35,40, o que coincide com a média móvel exponencial de 13 períodos (MME13). O sinal de baixa desta ação ocorreu exatamente na expansão de 161,8% do Fibonacci ($37,50), conforme destacado na análise anterior dos bancos.

Na BBAS3 há alguns suportes intermediários que antecedem o principal em $24,21. São eles:

  • média móvel de 65 períodos;
  • $26,39 (antiga resistência);
  • $25,44 – suporte do gap de alta;
  • MME13.

A ITAU4 gerou um ponto de entrada ao abrir com gap de alta e fechou o dia em alta de 1,62%. No entanto, respeitou a zona de resistência que vai de $44,63 ate $45,30. O principal suporte deste ativo para o atual movimento de alta está abaixo da mínima ($42,70) do dia 24.

A UBBR11 foi a que teve um melhor desempenho no dia, abriu com gap de alta, fechou acima da resistência em $22,80 e com um volume de negociações na média dos últimos 21 dias. Portanto, a maior probabilidade deste ativo é entrar na região de resistência que vai de $23,45 até $24,26. Suporte deste sinal de alta em $21,61.

A seguir os gráficos diários destes ativos:

BBAS3
BBDC4
ITAU4
UBBR11

Até breve!

27.04.2008 | 13:54

Bancos – Cenário de alta

Publicado na(s) categoria(s) Banco do Brasil, Bradesco, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

BBDC4

Dentre as ações dos bancos (BBDC4, ITAU4 e UBBR11) que mencionei em análises anteriores a que mais se destacou nesta semana foi a BBDC4 (Bradesco PN). Esta ação fechou a semana em alta de 2,64% em 37,00. No grafico semanal (figura ao lado) o fechamento foi acima da máxima do topo anterior ($36.39) confirmando assim topos e fundos ascendentes neste tempo gráfico.

No gráfico diário (figura ao lado) esta ação deu um sinal de alta na quinta-feira (24) e o confirmou nesta sexta-feira (25) após fechar acima do topo anterior ($36,55). O ponto a favor deste fechamento foi o bom volume de negociações. A expansão de 161,8% do Fibonacci no pivô de alta deste tempo gráfico está em torno de $37,50. Deste valor até $38,25 temos uma região de resistência, local onde pode ocorrer uma pressão vendedora. O stop loss desta ação para uma entrada na segunda-feira (28) está localizado logo abaixo da mínima do dia 23 ($35,40).

ITAU4

A ITAU4 (gráfico diário ao lado) e UBBR11 não tiveram o mesmo desempenho da BBDC4 esta semana. Ambas fecharam a semana em queda de 0,88% e 3,42%, respectivamente. No entanto, o cenario de alta para estes ativos continua interessante, principalmente para ITAU4. Uma abertura na segunda-feira (28) acima de $43,90 gera um ponto de entrada, cujo o stop loss estaria posicionado abaixo da mínima do dia 24 ($42,70). O objetivo da operação está na zona de resistência que vai de $47,00 a $48,08.

UBBR11

A UBBR11 (Unibanco) também está em um ponto interessante nos gráficos semanal e diário (figura ao lado), testando as duas médias móveis (13 e 65 períodos) como suporte. Um fechamento acima de $22,14 será um sinal de alta cujo objetivo será a resistência em $24,26 (máxima do dia 27/02). O stop loss de uma possível entrada nesta ação estaria abaixo da mínima do dia 24 ($21,61).

BBAS3

A BBAS3 (Banco do Brasil ON) confirmou um pivô de alta após um bom período em tendência de baixa no gráfico diário (figura ao lado). O objetivo da alta desta ação em princípio está em torno de $28,70 até $29,82 (resistência do gap de baixa do dia 26/02). O stop loss está abaixo da mínima do dia 24 ($24,21).

Tenha uma ótima semana.

Até breve!

 Página 57 de 57  « Primeira  ... « 54  55  56  57