Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Ibovespa

01.11.2007 | 0:53

Dentro do esperado

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

O FED, banco central norte-americano, dentro do esperado pelo mercado cortou em 0,25 ponto percentual a taxa de juros. Após o corte a nova taxa de juros dos EUA é de 4,5%. Em princípio mais uma tentativa do FED de proteger a economia da desaceleração imobiliária.

Após a divulgação o Ibovespa fez nova máxima histórica (65.948) e fechou o mês de outubro com uma alta de 8,02%. Entretanto, no final do pregão houve uma pressão vendedora fazendo com que o fechamento fosse abaixo da máxima do dia 29/10 (65.670), o que representou uma fraqueza dos touros (compradores) mesmo após a colaboração do FED. O mesmo ocorreu com as ações PETR4 e VALE5 que não tiveram força compradora suficiente para fecharem próximas da máxima do dia.

Estas duas ações possuem gaps de alta que continuam abertos e que servem como suporte para uma possível retração dos preços, PETR4 em $68,35 (25/10) e VALE5 em $52,95 (26/10). Um fechamento abaixo da mínima desta quarta-feira (31/10) nestas ações indicará uma sinal de baixa e o possível teste dos gaps mencionados.

Até breve!

31.10.2007 | 9:01

Ibovespa – Momento importante

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Após superar a máxima histórica, o IBOV no pregão de ontem, dia 30/10, se aproximou do suporte (antiga resistência) em 64.168 pontos, proporcionado pela máxima do dia 11/10. Após este suporte há outros importantes suportes em 63.358 (máxima do dia 18/10), linha de tendência de alta e média móvel de 13 períodos (gráfico diário – figura ao lado). Esta zona de suporte pode resultar em bons pontos de compra. Por outro lado um fechamento abaixo destes suportes sinalizará um forte padrão de baixa.

Hoje será um dia bem importante para o mercado, pois o FED anunciará a taxa de juros dos EUA. A expectativa dos analistas é de queda em 0,25 ponto, fazendo com que a nova taxa fique em 4,50%. O anúncio do FED ocorrerá às 16:15 (horário de Brasília).

E o saldo dos investidores estrangeiros (SIE) na semana passada? Na sexta-feira, único dia da semana em que os estrangeiros compraram mais do que venderam, o saldo fechou positivo em R$ 1,12 bilhão. Com o saldo deste dia o SIE fechou positivo na semana (22 a 26/10) em R$ 491,5 milhões, formando assim a figura de um pivô de alta. Veja o gráfico semanal do SIE x Ibovespa no mês de outubro.


O saldo no mês continua negativo em R$ 2,34 bilhões até o dia 26/10, mas a reversão da semana anterior para o lado positivo melhora o cenário para possíveis compras, principalmente com o IBOV na zona de suporte. No entanto, é importante ficar de olho e aguardar a decisão do FED.

A seguir tabela com a participações dos investidores na Bovespa, referente ao mês de outubro e a semana passada.


Ações com um bom sinal de alta no gráfico diário (USIM5 – 26/10, RAPT4 – 25/10, GOLL4 e TCSL4 – 30/10).

Até breve!

27.10.2007 | 16:53

IBOV – Análise da Semana: 22 a 26/10

Publicado na(s) categoria(s) Análises Semanais, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Gráfico Semanal

O Ibovespa iniciou a semana dando prosseguimento ao sinal de baixa da semana passada, chegando a testar o suporte em 59.535 pontos comentado na análise da semana: 15 a 19/10. Nesta região os touros (compradores) entraram em ação realizando compras no suporte. O resultado desta pressão compradora foi uma alta de 5,55% na semana. O forte candle de alta desta semana abortou o sinal de baixa (Evening Doji Star) e emitiu um sinal de alta ao fechar acima das máximas dos dois candles anteriores (63.841 e 64.168 pontos).

Gráfico Diário

No último pregão da semana o IBOV fechou em forte alta de 3,10%, fazendo nova máxima histórica. O grande candle de alta desta sexta-feira (26/10) rompeu e fechou acima de duas importantes resistências 63.348 e 64.168, máximas dos dias 19/10 e 11/10, respectivamente.

Os gráficos diário e semanal apontam para nova máxima histórica do Ibovespa na próxima semana. No entanto, há algumas divergências importantes que destacarei a seguir.

Divergências

A nova máxima histórica do Ibovespa não foi acompanhada pelos indicadores:

- OBV (on balance volume): destacado acima no gráfico diário;
- LAD (Linha de Avanços e Declínios): é um indicador que contabiliza o saldo do número de ações que subiram e caíram no dia. A LAD do Ibovespa (gráfico abaixo em vermelho) é o saldo acumulado diariamente de quantas ações, por exemplo na sexta-feira (26/10), fecharam em alta e em baixa. Divergência: O Ibovespa supera o seu topo histórico e a LAD não faz o mesmo.


- Clímax: é um indicador que exibe o saldo das ações que subiram e caíram coerentes com o OBV (On Balance Volume). Por exemplo, no dia 26/10 somente 10 ações das 63 que compõem o índice Bovespa tiveram alta coerente com o OBV, ou seja, somente 10 estavam com o OBV acumulando. Veja na figura abaixo a divergência: Ibovespa supera o topo anterior e o Clímax não.


Além disso, outro ponto divergente que venho comentando aqui no blog é o saldo dos investidores estrangeiros (SIE) no volume total da Bovespa, cujo valor no mês de outubro é de R$ -3,44 bilhões. Nos 03 primeiros dias da semana os estrangeiros venderam mais do que compraram. A seguir o gráfico com a evolução diária do SIE e o Ibovespa deste mês.

Obs.: Não há dados ainda dos dias 25 e 26/10 devido à defasagem de dois dias da Bovespa na divulgação destes dados.

Na minha opinião as divergências destacadas acima são motivos para encurtar os stops das operações de compra. Por exemplo: No caso da PETR4 o stop estaria um pouco abaixo da mínima ($69,22) do último pregão (26/10).

Bom final de semana. Até breve!

25.10.2007 | 11:42

EUA – Vendas de casas novas

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Agora 12hs nos EUA há um importante indicador – Vendas de Casas Novas, que mede o número anualizado de novas residências contruídas que foram vendidas no mês anterior. Este indicador pode ser o motivo que o mercado espera para romper a forte resistência que o Bovespa chegou hoje, por volta em 63.300, ou então de “azedar” e cair ao testar esta resistência.

No primeiro dia desta semana os investidores estrangeiros continuaram vendendo mais do que comprando e o saldo do mês ficou ainda mais negativo, na casa dos 3,06 bilhões de reais. Agora é observar até onde vai a divergência entre o IBOV e o capital estrangeiro.

Até breve!

25.10.2007 | 0:38

IBOV e PETR4 – Pressão compradora no suporte

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Petrobras, por Dalton Vieira

Após o sinal de alta do dia 23/10, o Ibovespa nesta quarta-feira (24/10) fechou praticamente estável a 62.624 pontos (-0,12%). Após estar em queda de quase 2%, nas últimas duas horas do pregão houve uma forte pressão compradora proporcionando uma subida de mais de 1.000 pontos no índice. A ação dos touros (compradores) ocorreu nos suportes da média móvel de 13 (MME) períodos e na linha de tendência de alta (LTA).

O apetite dos touros no final do pregão aumenta a probabilidade do Ibovespa testar a resistência em 63.348 pontos.

A PETR4 foi um dos maiores destaque no pregão de hoje (24/10), fechando em alta considerável de 4,20%. A alta de hoje nesta ação emite um sinal de um provável rompimento do topo histórico em $68,10, pois o fechamento ocorreu praticamente na máxima do grande candle de alta no gráfico diário (figura ao lado). Além disso, o volume de negociações foi superior à média dos últimos 21 dias. O sinal de alta do dia 23/10 ocorreu após o teste do suporte em $60,59 proporcionado pela antiga resistência do topo do dia 02/10.

Obrigado pela leitura. Até breve!

24.10.2007 | 0:49

Estrangeiros x Ibovespa

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Os estrangeiros que começaram a semana passada (15 a 19/10) comprando mais do que vendendo, fecharam a semana vendendo mais do que comprando. O saldo dos investidores estrangeiros (SIE) na Bovespa fechou a semana negativo em 801 milhões de reais. O acumulado do mês ficou em -2,83 bilhões de reais. A seguir a tabela com a participação dos investidores no mês de outubro, contendo também o saldo da semana.


Já o Ibovespa nos dois primeiros dias desta semana já acumula uma alta de 2,96%. Será o que os estrangeiros resolveram ir às compras? É provável. A alta destes dias (22 e 23) confirmou o padrão de reversão (Hammer – martelo) no gráfico diário do IBOV (figura ao lado), conforme destacado na análise anterior. O sinal de alta ocorreu em uma importante zona de suporte, o que aumenta a força do sinal e a probabilidade da resistência em 63.348 (máxima do dia 19/10) ser testada.

O volume financeiro deste sinal de alta foi abaixo da média dos últimos 21 períodos e o SIE neste mês de outubro foi negativo em todas as semanas. Na minha opinião seria mais sensato o uso de stops mais curtos para possíveis operações de compra dentro do cenário atual. Algumas ações que destaco: ARCZ6, VCPA4 e GOLL4.

Até breve!

 Página 507 de 518  « Primeira  ... « 506  507  508  509 » ...  Última »