Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Ibovespa

21.06.2007 | 22:37

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Pressão compradora coerente com o Clímax.

Nesta quinta-feira, dia 21/06, houve uma pressão compradora no Ibovespa logo após um dia de baixa e com volume considerável, como mostra a figura abaixo do gráfico Diário. No entanto, o volume de hoje foi inferior ao dia anterior de baixa e não conseguiu neste pregão fechar acima de 54.730 pontos, que é sua máxima histórica de fechamento.


O lado positivo desta pressão compradora é que ocorreu em sincronia com o indicador Clímax (figura ao lado) que voltou para cima da linha de 0% após estar na região sobrevendida de 30%.

Vamos verificar se o IBOV consegue fechar esta semana acima da máxima da semana passada (54.725 pontos) e com um bom volume, o que reforçaria a força dominante dos touros (compradores). Olhando para o lado dos comprados ou dos que ainda pretendem comprar, o ideal seria amanhã, dia 22/06, um fechamento acima de 55.000 pontos.

Com alta de hoje do IBOV identifiquei duas ações que fizeram nova máxima e fecharam acima das suas máximas históricas. São elas: GGBR4 e CMIG4. As duas tiveram um bom volume de negociações e estão com o OBV (on balance volume) acumulando. Destaque para CMIG4 que inclusive fez nova máxima no OBV. No entanto, são duas ações que já estão com altas consideráveis, logo operações neste ponto na minha opinião seriam de curtíssimo prazo.

Obrigado e até breve!

20.06.2007 | 19:18

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Coerência entre o Ibovespa e seu Clímax!

Conforme divergência entre o Ibovespa e o seu indicador Clímax, descrita na análise anterior, hoje (20/06) ao testar a máxima (55.000 pontos) tivemos uma boa pressão vendedora (ursos) fazendo com que o IBOV fechasse na mínima do dia, finalmente coerente com o seu Clímax. Como pode ser observado na figura ao lado do gráfico Diário, o fechamento de hoje foi inferior a mínima do dia 18/06, o que aumenta a probabilidade de testar o(s) suporte(s) em 53.723 e/ou 53.422 pontos, sinalizados com a linha azul.

O Clímax do Ibovespa (figura abaixo) está na região sobrevendida (30%). Agora é aguardar uma possível divergência de alta com o IBOV ou então uma coerência de alta. Em paralelo, é interessante rastrear possíveis ações que podem gerar um sinal de compra, coerente com o Clímax e o Ibovespa.


O item 2 da estratégia de compra mencionada em uma análise anterior do IBOV foi atendido. Agora é aguardar o que foi descrito no parágrafo acima, ou seja, um bom sinal dos touros (de alta e com um bom volume).

Vamos acompanhar e aguardar os próximos capítulos (pregões)! Lembrando sempre de identificar a força dominante no mercado (touros ou ursos).

Obrigado pela leitura e sucesso nos negócios!

18.06.2007 | 20:29

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

E a divergência do IBOV e seu Clímax aumenta!

Hoje, dia 18/06, o Ibovespa mais uma vez fez nova máxima e um fechamento superior ao pregão anterior, como mostra o gráfico Diário abaixo.


Veja na figura abaixo o indicador Clímax do Ibovespa caindo (linha vermelha) e o IBOV subindo. O Clímax sinaliza uma provável correção ou retração do IBOV.


A minha estratégia descrita na análise anterior está mantida após o pregão desta segunda-feira. Em princípio aguardarei que uma das situações mencionadas nos itens 1 e 2 seja atendida. Entretanto, continuarei avaliando a força dominante (touros ou ursos) e as possíveis oportunidades de negócio.

Sugestão de leitura: Artigos disponíveis no menu lateral direito deste blog.

Obrigado e sucesso!

17.06.2007 | 21:47

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Touros no controle da situação…

Após os touros (compradores) retomarem o controle da situação na quarta-feira (13/06), conforme descrito na análise anterior, ocorreu o rompimento do topo histórico (53.422 pontos). No gráfico Semanal (figura ao lado) após duas semanas testando os suportes em 52.077 e 51.616 pontos, houve um excelente fechamento (54.518) acima da resistência propocionada pelas máximas dos dois candles anteriores (linha vermelha).

Na sexta-feira (15/06) o IBOV fez uma nova máxima em relação ao dia anterior, porém o indicador Clímax do Ibovespa não fez o mesmo. Devido a esta divergência e a região sobrecomprada em que está o Clímax (70%), como mostra a figura ao lado, a minha estratégia para uma possível compra nesta semana é:

1. Aguardar uma retração do Clímax preferencialmente para região de 0%;

2. Aguardar uma possível retração do IBOV em 53.723, mínima e abertura do dia 15/06, ou até 53.422 pontos que foi a resistência superada na quinta-feira e que pode se torna suporte para prováveis compras. Abaixo a figura do gráfico Diário;


3. Após ocorrer uma destas situações supracitadas, o próximo passo é rastrear uma ação que esteja com um sinal de compra em um bom suporte.

Caso identifique alguma oportunidade de compra dentro da estratégia descrita nos itens acima, publicarei aqui a análise gráfica da ação em “foco”.

O importante é extrair informações do mercado e verificar quem controla a situação – se os touros ou os ursos. É preciso medir a força do grupo dominante e determinar a probabilidade de permanência da tendência vigente.” Texto extraído do excelente livro do Alexander Elder: Como se transformar em um operador e investidor de sucesso.

Obrigado e bons negócios!

13.06.2007 | 21:43

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Forte alta após um sinal de baixa!

Conforme mencionado na minha análise anterior para o IBOV, o mais provável para o pregão de hoje (13/06) era continuar a queda de ontem (12/06). Entretanto o que tivemos, como mostra a figura ao lado do gráfico Diário, foi um dia de forte alta com um excelente fechamento e volume. O IBOV fechou em alta de +2,31% aos 52.993 pontos, acima da máxima do candle de baixa de ontem, da tentativa de subida da segunda-feira (11/06) e voltou a ficar acima da LTA (linha de tendência de alta). Além disso, houve um ótimo volume fazendo com que o OBV (on balance volume) voltasse a acumular (alta). Mais uma vez o suporte do gráfico Semanal em 51.616 pontos serviu para compras ousadas.

Os sinais de hoje mostram a retomada do controle por parte dos touros (compradores), o que aumenta a probabilidade do rompimento da resistência histórica de 53.422 pontos. Antes há uma pequena resistência em 53.162 pontos (máxima do dia 06/06). Enfim duas resistências próximas! O lado negativo para por exemplo uma forte alta amanhã é que o indicador Clímax do Ibovespa está na região sobrecomprada, em um dos pontos mais altos (70%), conforme figura ao lado.

O que vai acontecer amanhã (14/06), subir, cair ou congestionar? Sinceramente não sei. Pelos sinais de hoje o mais provável seria subir, porém o Clímax é um grande alerta para quem está pensando em comprar. Eu particularmente prefiro agir com mais cautela, comprar somente se o Clímax voltar para linha de no mínimo 0% e logicamente com os touros no comando da situação. Aproveito para destacar o texto abaixo que acho fantástico!

“Para ganhar dinheiro com suas operações de mercado, não é necessário prever o futuro. O importante é extrair informações do mercado e verificar quem controla a situação – se os touros ou os ursos. É preciso medir a força do grupo dominante e determinar a probabilidade de permanência da tendência vigente. Também é necessário planejar a gestão conservadora do dinheiro, visando à sobrevivência de longo prazo e à acumulação de lucro. Também é importante observar o funcionamento de sua mente e não descambar para a ganância ou para o medo. O investidor que fizer isso tem mais chances de sucesso do que qualquer previsor.”
Texto extraído do excelente livro do Alexander Elder: Como se transformar em um operador e investidor de sucesso.

É acompanhar os próximos pregões (quinta e sexta-feira) para identificar quem está no controle da situação.

Obrigado e até breve!

13.06.2007 | 9:02

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Sinal de baixa!

No último pregão (12/06) do Ibovespa ocorreu um sinal chamado Engolfo de Baixa no gráfico Diário (figura ao lado). O fechamento deste candle supera dois suportes, o primeiro e mais importante é a LTA (linha de tendência de alta) e o segundo é o suporte em 52.044 formado pelos candles de quarta e sexta-feira da semana passada (06 e 08/06).

Apesar de ter ocorrido na segunda-feira (11/06) um fechamento acima de 52.500 (máxima do Hammer do dia 08/06), o que poderia sinalizar uma possível continuidade da alta, há alguns pontos para se destacar como divergentes para este sinal. São eles:

1. O volume da segunda-feira é inferior ao da sexta-feira, ou seja, baixo volume para um sinal de alta.
2. O OBV continua distribuindo (de baixa).
3. O corpo do candle foi pequeno.

O sinal de alta que aumentaria bastante a probabilidade do rompimento da resistência histórica em 53.422 pontos seria um fechamento acima de 53.162, conforme mencionado na análise anterior.

Enfim, após o último candle (12/06) aumentou a probabilidade de queda do IBOV, sendo os próximos suportes em 50.530 e 50.234 pontos (gráfico diário). Um suporte importante a ser observado até o final desta semana é em 51.616 pontos do gráfico Semanal (figura na primeira análise do Ibovespa).

Por enquanto o melhor a fazer na minha opinião é ficar observando, ou seja, agir com bastante cautela no caso de possíveis compras.

Obrigado!

 Página 533 de 534  « Primeira  ... « 531  532  533  534 »