Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Itau Unibanco

28.04.2008 | 22:35

IBOV – Testando os 66.000 pontos

Publicado na(s) categoria(s) Banco do Brasil, Bradesco, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

IBOV

O Ibovespa abriu a semana oscilando na casa dos 66.000 pontos, mas não houve força compradora suficiente para fechar acima deste patamar e também do maior fechamento histórico do gráfico diário (figura ao lado), atualmente em 65.790 pontos. O IBOV fechou o dia com alta de 0,75% em 65.677 pontos.

Um sinal que poderia significar uma perda de força dos touros (compradores) na tentativa de romper o topo histórico, seria um fechamento abaixo da mínima (65.191) de hoje (28). A perda do suporte em 64.172 também seria um sinal ruim, o que é menos provável no cenário de alta atual.

Investidores Estrangeiros

No dia 24/04, dia em que o IBOV fechou em baixa de 0,57%, os investidores estrangeiros venderam mais do que compraram fazendo com que o saldo do dia terminasse negativo em R$ 218,53 milhões, a segunda vez no mês de abril. O saldo do mês continua bem positivo em R$ 6,17 bilhões.

A seguir a participação dos investidores até no mês de abril até o dia 24/04.


Bancos

Os compradores abriram a semana ávidos por comprar as ações dos bancos. Resultado disso foi um gap de alta nas ações BBAS3, BBDC4, ITAU4 e UBBR11. No entanto, as ações BBAS3 e BBDC4 terminaram o dia formando padrões de reversão de baixa dos candles, chamados de Shooting Star e Dark Cloud Cover, respectivamente.

Na BBDC4 o suporte para o atual movimento de alta está em $35,40, o que coincide com a média móvel exponencial de 13 períodos (MME13). O sinal de baixa desta ação ocorreu exatamente na expansão de 161,8% do Fibonacci ($37,50), conforme destacado na análise anterior dos bancos.

Na BBAS3 há alguns suportes intermediários que antecedem o principal em $24,21. São eles:

  • média móvel de 65 períodos;
  • $26,39 (antiga resistência);
  • $25,44 – suporte do gap de alta;
  • MME13.

A ITAU4 gerou um ponto de entrada ao abrir com gap de alta e fechou o dia em alta de 1,62%. No entanto, respeitou a zona de resistência que vai de $44,63 ate $45,30. O principal suporte deste ativo para o atual movimento de alta está abaixo da mínima ($42,70) do dia 24.

A UBBR11 foi a que teve um melhor desempenho no dia, abriu com gap de alta, fechou acima da resistência em $22,80 e com um volume de negociações na média dos últimos 21 dias. Portanto, a maior probabilidade deste ativo é entrar na região de resistência que vai de $23,45 até $24,26. Suporte deste sinal de alta em $21,61.

A seguir os gráficos diários destes ativos:

BBAS3
BBDC4
ITAU4
UBBR11

Até breve!

27.04.2008 | 13:54

Bancos – Cenário de alta

Publicado na(s) categoria(s) Banco do Brasil, Bradesco, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

BBDC4

Dentre as ações dos bancos (BBDC4, ITAU4 e UBBR11) que mencionei em análises anteriores a que mais se destacou nesta semana foi a BBDC4 (Bradesco PN). Esta ação fechou a semana em alta de 2,64% em 37,00. No grafico semanal (figura ao lado) o fechamento foi acima da máxima do topo anterior ($36.39) confirmando assim topos e fundos ascendentes neste tempo gráfico.

No gráfico diário (figura ao lado) esta ação deu um sinal de alta na quinta-feira (24) e o confirmou nesta sexta-feira (25) após fechar acima do topo anterior ($36,55). O ponto a favor deste fechamento foi o bom volume de negociações. A expansão de 161,8% do Fibonacci no pivô de alta deste tempo gráfico está em torno de $37,50. Deste valor até $38,25 temos uma região de resistência, local onde pode ocorrer uma pressão vendedora. O stop loss desta ação para uma entrada na segunda-feira (28) está localizado logo abaixo da mínima do dia 23 ($35,40).

ITAU4

A ITAU4 (gráfico diário ao lado) e UBBR11 não tiveram o mesmo desempenho da BBDC4 esta semana. Ambas fecharam a semana em queda de 0,88% e 3,42%, respectivamente. No entanto, o cenario de alta para estes ativos continua interessante, principalmente para ITAU4. Uma abertura na segunda-feira (28) acima de $43,90 gera um ponto de entrada, cujo o stop loss estaria posicionado abaixo da mínima do dia 24 ($42,70). O objetivo da operação está na zona de resistência que vai de $47,00 a $48,08.

UBBR11

A UBBR11 (Unibanco) também está em um ponto interessante nos gráficos semanal e diário (figura ao lado), testando as duas médias móveis (13 e 65 períodos) como suporte. Um fechamento acima de $22,14 será um sinal de alta cujo objetivo será a resistência em $24,26 (máxima do dia 27/02). O stop loss de uma possível entrada nesta ação estaria abaixo da mínima do dia 24 ($21,61).

BBAS3

A BBAS3 (Banco do Brasil ON) confirmou um pivô de alta após um bom período em tendência de baixa no gráfico diário (figura ao lado). O objetivo da alta desta ação em princípio está em torno de $28,70 até $29,82 (resistência do gap de baixa do dia 26/02). O stop loss está abaixo da mínima do dia 24 ($24,21).

Tenha uma ótima semana.

Até breve!

24.04.2008 | 15:53

Bancos – BBDC4, ITAU4 e UBBR11

Publicado na(s) categoria(s) Bradesco, Itau Unibanco, Unibanco, por Dalton Vieira

Após um bom movimento de alta na semana anterior acompanhado de um alto volume de negociações as ações dos bancos (BBDC4, ITAU4 e UBBR11) iniciaram um movimento que em princípio se caracteriza apenas como uma correção. O movimento de baixa nestes ativos durante esta semana pode gerar um novo ponto de entrada em suportes proporcionados pela antiga resistência (topo anterior) e média móvel.

A seguir os gráficos diários destas ações:

BBDC4
ITAU4UBBR11

Planejar uma possível operação é um dos pontos importantes no momento de investir, pois basicamente é saber como comprar uma determinada ação? Qual o cenário necessário? Em que ponto é mais interessante um sinal de alta (compra)? Etc. Ter um planejamento não é a garantia de sucesso de uma operação, nem a certeza de que sinal de entrada ocorrerá. No entanto, o investidor estará preparado para uma possível oportunidade de investimento.

Até breve!

08.03.2008 | 18:35

Análise da Semana: 03 a 07/03

Publicado na(s) categoria(s) Análises Semanais, Ibovespa, Itau Unibanco, por Dalton Vieira

Gráfico Semanal

O Ibovespa encerrou a semana em baixa de 2,55%, confirmando a maior probabilidade de baixa do candle anterior. A queda parou justamente no suporte proporcionado pela média móvel exponencial de 13 períodos. A maior probabilidade para a próxima semana é de ocorrer o teste do suporte em 61.291 (mínima da semana: 18 a 22/02).

Dados do mercado de trabalho derrubam bolsa dos EUA

NOVA YORK (Reuters) – As bolsas norte-americanas fecharam em queda nesta sexta-feira, no seu menor nível em 19 meses, após um relatório mostrar um recuo inesperado nos postos de trabalho, o maior em quase cinco anos, o que foi visto por muitos investidores como um sinal de que os Estados Unidos estão em recessão.

O índice Dow Jones teve baixa de 1,22 por cento, a 11.893 pontos. O Standard & Poor’s 500 caiu 0,84 por cento, a 1.293 pontos. O Nasdaq retrocedeu 0,36 por cento, a 2.212 pontos.

Gráfico Diário

No embalo das bolsas de valores dos EUA o Ibovespa fechou a sexta-feira (07) em baixa de 1,76%. O comportamento do mercado registrado pelo candle do dia 06 já sinalizava a maior probabilidade de queda, conforme destacado na análise anterior.

Após o fechamento abaixo dos 62.000 pontos o mais provável é que o IBOV teste a zona de suporte que vai de 61.271 a 60.716 (fechamento e mínima do dia 15/02, respectivamente). Um fechamento abaixo desta região de suporte poderá impulsionar uma queda até os 59.000 pontos.

ITAU4 – Reversão do sinal de alta

O sinal de alta desta ação ocorrido no dia 05 não foi confirmado. Pelo contrário, o ponto negativo (Ibovespa) destacado na análise desta ação teve um peso suficiente para reverter o sinal de alta em baixa. Um compra nesta ação na quinta-feira (06) proporcionaria um prejuízo em torno de 4%.

O fechamento ($41,60) abaixo das duas médias móveis e do suporte em $42,41 sinaliza uma correção maior do último movimento de alta, que representou uma valorização de aproximadamente 30%. A próxima zona de suporte vai desde $40,00 até $39,00.

A expectativa de baixa para a próxima semana no Ibovespa pode nos trazer algumas boas oportunidades de curto prazo.

Bom final de semana. Até breve!

07.03.2008 | 10:09

IBOV – Marobozu de baixa

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Itau Unibanco, por Dalton Vieira

Na análise semanal (25 a 29/02) destaquei:

A ocorrência deste padrão de baixa em uma importante região de resistência, cuja confirmação ocorreu através de um Marobozu de baixa (grande candle que possui a abertura na máxima do dia ou próximo dela e fechamento na mínima do dia ou próximo dela), aumenta a probabilidade do IBOV entrar na “casa” dos 62.000 pontos.

A força dos touros (compradores) que ainda segurava o IBOV durante a semana acima dos 63.000 pontos e da média móvel exponencial de 13 dias (MME13) não resistiu a pressão dos ursos (vendedores) nesta quinta-feira (06), confirmando a maior probabilidade de baixa sinalizada pelo padrão de reversão do dia 29/02.

O candle (Marobozu) de baixa de ontem (06) aumenta a probabilidade do Ibovespa testar o suporte proporcionado pela média móvel de 65 períodos do gráfico diário (figura acima), que praticamente coincidirá com a MME13 do gráfico semanal.

ITAU4

Após o sinal de alta do dia (05), destacado na análise anterior, esta ação acompanhou ontem (06) o comportamento do mercado e fechou em baixa de 2,93%, confirmando o único ponto negativo deste sinal. Nesta sexta-feira (07) provavelmente testará uma série de suportes no gráfico diário. Um fechamento abaixo de $42,41 será um ponto bem negativo para o sinal de alta.

Vamos observar. Até breve!

06.03.2008 | 9:17

ITAU4 – Sinal de alta

Publicado na(s) categoria(s) Itau Unibanco, por Dalton Vieira

Nesta quarta-feira (05) a ação ITAU4 confirmou um sinal de alta que aumenta a probabilidade da continuidade do movimento de alta (topos e fundos ascendentes). Este sinal ocorreu nos suportes proporcionados pelas duas médias móveis (13 e 65 períodos) no gráfico diário. Já no gráfico semanal a média móvel exponencial de 13 períodos funcionou também como suporte .

Outro ponto a se destacar é o volume de negociações. Nos dias de alta 25, 26 e 27/02 o volume foi consideravelmente alto. Nos dias seguintes de baixa o volume caiu, o que demonstra fraqueza dos ursos (vendedores) e maior força do touros (compradores). Observe que o sinal de alta possui umes bom volume de negociações, superior aos dias de queda.

O objetivo de uma possível compra na ITAU4 é a zona de resistência que vai de $47,00 a $48.08, o que proporcionaria um lucro bruto em torno de 7 a 8% bruto. Antes do objetivo da operação há uma resistência em 45,30 (máxima do dia 27/02). Há dois lugares para posicionar o stop loss:

  1. Abaixo da mínima ($42,60) desta quarta-feira (05), o que representa um risco aproximado de 4,0%; e
  2. Abaixo da mínima (41,50) do dia 04, o que representaria um risco aproximado de 6,7%.

O ponto negativo é o Ibovespa próximo da resistência histórica. Vamos ver qual será o resultado deste sinal de alta.

Até breve!

 Página 51 de 51  « Primeira  ... « 48  49  50  51