Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

15.09.2008 | 20:09

Crise – Deterioração do mercado financeiro

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Mercados hoje, por Dalton Vieira

O mercado financeiro se deteriorou após um final de semana nos EUA de péssimas notícias.

Em menos de 24 horas:

- Lehman Brothers decreta pedido de concordata (falência, na prática). Ele é o 4º maior banco de investimentos americano.

- Bank of America compra o Merrill Lynch por US$ 50 bilhões.

- Bolsas pelo mundo despencam.

- AIG tenta captar US$ 40,0 bi e ações caem mais de 50%.

- Banco Central da China corta a taxa de juros de 7,47% para 7,20% para evitar desaleceração de sua economia.

- Fed compra US$ 70 bilhões de títulos bancários para injetar liquidez nos mercados. Também aumenta as linhas especiais de crédito para os bancos, de US$ 175,0 bilhões para US$ 200,0 bi, e amplia os tipos de garantias que os bancos podem apresentar para ter acesso a esse dinheiro.

- Dez grandes bancos criam fundo de US$ 70 bilhões para socorrer os que enfrentarem dificuldades.

- Bush faz pronunciamento para falar da crise e diz que governo está tomando medidas para evitar que ela se agrave.


Texto retirado do site da Miriam Leitão
Ouça aqui a análise da crise com o Sardenberg, na CBN.


Outros pontos que não trazem boas perspectivas a médio prazo:

- Desde o início da crise foi a 1ª vez que o Banco Central americano (FED) disse “não” ao pedido de socorro de um banco.

- Na opinião de Alan Greenspan, ex-presidente do FED, é a pior crise em 50 anos.

- A lista de credores do Lehman Brothers são vários bancos japoneses, europeus e chineses, o que aumenta a probabilidade da crise se espalhar.

- Na economia brasileira a tendência é a queda do investimento estrangeiro, logo o crescimento do PIB brasileiro ficará mais dependente do consumo das famílias. O problema é que a inflação está fazendo com que o Banco Central suba os juros justamente para conter o consumo. Isso é a análise do economista-chefe da NGO Corretora, Sidnei Moura Nehme.

E você tem outros pontos para destacar?

Que início de semana hein? Mais tarde farei a análise do Ibovespa, que simplesmente caiu 7,59%, se possível farei também uma breve análise das principais ações da Bovespa.

6 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. Renato disse:

    Dalton, que dia mesmo.

    Pelo jeito as notícias vão se alastrando em meio ao setor financeiro provocando um estado de choque e total aversão por parte dos investidores.

    Vamos ver se há algum fato novo que impulssione ou dê alguma segurança neste mal humor com o desdobramento da crise nos EUA.

    Graficamente nosso risco país ficou mto feio, apesar que hj possa ter sido o dia de exageros causados pelo pânico.

    Abraço

  2. Anonymous disse:

    Dalton,
    Otimo o resumo deste dia com varios links e informações complementares para os participantes do site. De maneira geral ficou bastante facil entender melhor a crise.

  3. PEDRO disse:

    Tenho acompanhado este blog há algumas semanas e pela seriedade com que se apresenta não merece comentários “doidinhos”. Vejo que o viés do blog é mais técnico, voltado para a análise gráfica e sob esse ponto de vista, penso que tocamos novamente no forte suporte anteriormente respeitado. Pode cair mais? Pode. Mas pensando sob o prisma fundamentalista, acho que se os fundamentos brasileiros não fossem bons, a situação poderia ser bem pior para nós. Penso que há investidores aproveitando os repiques para fazer alguns trades de venda e recompra, em tom sobremodo especulativo.

    Em relação ao Lehman, acho que os EUA fizeram bem em não ajudar. Os principais credores do Lehman são grandes investidores que iam lucrar demais não fosse a crise do sub prime. Os Estados Unidos têm tradição liberal, ou seja, o governo é essencialmente afastado da economia, lá não voga aquela máxima de privatizar os lucros e socializar os prejuízos. Se megainvestidor quebra, quebra mesmo. Os principais investidores do Lehman parece que eram magnatas e outros grandes Fundos. Poucos, ao que parece, eram da classe média.

    Por isso a situação foi diferente com Freddie Mac e Fannie Mae, que têm um viés mais social, cuja quebra iria afetar fortemente o principal motor da economia dos EUA, que é a classe média. Por isso acredito que os EUA podem aceitar ajudar o AIG, que também tem um forte peso na classe média. Vale lebrar, com um pouco de história, que com o New Deal do Presidente Roosevelt, iniciado em 1930 para minimizar os efeitos da crise de 1929, veio um pacote de ajuda para a classe média. Parece que a história se repete dialeticamente.

    A reunião do FED esta semana deve manter os juros inalterados, mas parece que o importante será a ata. Isso deve mudar pouco o cenário. Por aqui o Mantega tem razão ao afirmar que dadas circunstâncias pretéritas a situação seria bem pior para nós.

    Em síntese, os gringos devem estar tirando dinheiro daqui porque lá está se tornando barato demais, mas ao que parece, com fundamentos menos sólidos que os nossos. Penso que de certa forma a quebra de algum(ns) Banco(s) grande(s) nos EUA já era esperada e já estava precificada. Hoje foi só uma confirmação do temor.

    A crise existe, mas penso que essa queda de hoje motivada pelo problema do Lehman foi mais uma desculpa para os recém comprados embolsarem lucros com PETRO e VALE verificados com as altas da última semana. Lembremos que PETRO subiu 15% em dois dias e hoje caiu 10%, ou seja, salvo engano, em relação a terça da semana passada ainda está com alta de 5% – isso grosso modo, pois o analista aqui é Dalton.

    Parebéns pelo trabalho e pelos vídeos esclarecedores de aspectos técnicos. São didáticos e fornecem verdadeiro aprendizado. Sou novato no mercado, mas gosto de estudar. Penso, enfim, que é isso.

  4. Dalton Vieira disse:

    Olá Renato,

    É verdade, o cenário se deteriorou bastante. Vamos ver agora se os touros (compradores) entram em ação nos suporte dos 45 mil pontos, logicamente se o Ibovespa chegar a este nível.

    Grande abraço.
    Dalton Vieira

  5. Dalton Vieira disse:

    Olá Pedro,

    Infelizmente por não ativar a moderação dos comentários estamos sujeitos a receber mensagens que fogem um pouco do foco do site (aprendizado). Faço a moderação somente após a publicação da mensagem.

    Agora, que comentário fantástico o seu hein? Parabéns! Compartilhou conosco a sua visão do atual momento do mercado financeiro. Muitíssimo obrigado por enriquecer o conteúdo do blog.

    Indico a todos a leitura do comentário do Pedro. Bastante enriquecedora.

    Obrigado também por acompanhar do blog.

    Grande abraço.
    Dalton Vieira

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá prezado leitor,

    Que bom que você gostou deste artigo. Este foi justamente o objetivo, tentar facilitar o entendimento de todos para o atual momento da crise americana.

    Espero sempre vê-lo por aqui.

    Grande abraço.
    Dalton Vieira

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.