Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

14.10.2015 | 16:52

Divergências de Alta – O que significam e como são formadas

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo qual o significado e como são formadas as divergências de alta.

Conceito

As divergências de alta na análise técnica são registradas ao comparar o comportamento de um indicador em relação ao movimento do preço de um ativo. E como são formadas?

As divergências de alta ocorrem quando um determinado indicador não acompanha o comportamento baixista do preço. A divergência mais fácil de se identificar no gráfico é quando o preço de uma ação ou índice cai e o indicador sobe.

No gráfico diário da LAD do Ibovespa observe que há duas linhas, uma na cor azul representando a evolução do IBOV no decorrer de um determinado período e outra na cor vermelha representando o indicador, chamado LAD – Linha de Avanços e Declínios.

Repare que no lado direito do gráfico houve uma divergência de alta após o último registro. Por quê? Excelente, porque a LAD subiu, enquanto o IBOV caiu, conforme destacado pelas setas.

Outras possibilidades

Usarei agora as figuras 1 e 2 para explicar as outras possibilidades de divergência de alta entre indicador e preço. A figura 1 representa o comportamento do preço de um ativo e a 2 o comportamento do indicador.

Observe que em ambas figuras houve a formação de um fundo, conforme destacado. Em seguida, o movimento de baixa do preço supera o fundo anterior. Apesar do indicador ter se movimentado para baixo também, repare que o mesmo não conseguiu superar o fundo anterior.

Esta é uma divergência de baixa de menor importância, visto que o indicador ainda pode superar o fundo anterior caso preço da ação continue caindo. E como ocorre uma divergência alta de maior importância? Simples, ocorre quando o preço forma um fundo descendente e o indicador um fundo ascendente.

Usando as mesmas figuras 1 e 2, veja que no dia seguinte houve uma alta tanto no preço da ação quanto no indicador. Neste momento fica fácil verificar que o novo fundo formado pelo preço é mais baixo que o anterior, portanto descendente. Por outro lado, o novo fundo formado no indicador é mais alto que o anterior, logo ascendente.

Exemplo – GGBR4

Vamos ao exemplo prático usando o gráfico diário da GGBR4. Observe no ponto A do gráfico que o preço da ação superou a mínima do fundo anterior. Já o indicador IFR (Índice de Força Relativa) não teve o mesmo comportamento, pois não superou o fundo anterior destacado e com isso gerou uma divergência de alta.

Na sequência repare que houve a formação de um fundo descendente no preço e ascendente no indicador, conforme destacado. Este fato tornou a divergência de alta mais significativa, ampliando a chance do preço voltar a subir.

Como você pode perceber, a divergência de alta representa uma fraqueza no movimento de queda do preço de um ativo e uma chance maior de reversão. Alguns analistas aproveitam esta configuração gráfica para realizar operações de compra.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Indicadores. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

18 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. José Ari Prates Chaves disse:

    Até que enfim encontrei um site que didaticamente aborda de forma simples os conceitos técnicos para operar na Bolsa de Valores. Muito obrigado Dalton.

  2. Dalton Vieira disse:

    Olá José Ari,

    Muito obrigado por prestigiar o conteúdo de qualidade do site. Continuaremos trabalhando para prover mais e mais vídeos de aprendizado, focando sempre em uma boa didática.

    Uma ótima semana! Grande abraço.

  3. Alex disse:

    Parabéns! Muito válido sua iniciativa. Descobri por acaso e vou indicar a outros amigos que estão iniciando os investimentos em Bolsa.

  4. Dalton Vieira disse:

    Olá Alex,

    Agradeço suas congratulações e recomendações. Espero sempre encontrá-lo por aqui.

    Grande abraço.

  5. Rodrigo disse:

    Parabéns pela iniciativa amigo,queria saber sua opinião sobre o melhor IFR para MINI indice e queria sua ajuda de como posso saber o melhor IFR a ser utilizado nos ativos ou mini ou seja o que faz escolher o melhor período .abraço

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá Rodrigo,

    Quando uso o IFR, utilizo a configuração de 14 períodos. Costuma ser a mais utilizada pelos analistas. Como o IFR não é muito o meu foco em termos de análise, não tenho estudo específico que comprove que esta é a melhor periodicidade a ser usada no mini ou outros ativos.

    Muito obrigado pelos parabéns e por prestigiar o conteúdo do site. Grande abraço.

  7. Julio disse:

    Olá, tudo bem?

    Estou aprendendo muito com suas videos aulas. Sua didática é INCRÍVEL. Recomendarei para todos os meus amigos o seu site… Muito obrigado.

    Você faz day trade? Quais indicadores e qual configuração vc utiliza em suas análises pessoais?
    Me desculpe, já perguntei em outra postagem, mas pergunto novamente. rsrs: qual programa você utiliza para criar essas animações com setas pontilhadas e etc…

    Muito obrigado pela atenção.

  8. julio disse:

    Me desculpe Dalton, não fui muito claro na pergunta. O programa a que me referido é de animação…por exemplo quando vc fez o vídeo de pivot, vc começa a desenhar o pivot e depois quando está comentando, a última perna do pivot vai subindo…depois surgir escrito “fundo” “topo”, etc… Há algumas imagens disso logo abaixo do vídeo tb. É o programa que faz isso que gostaria de saber…rsrs
    Muito obrigado pela atenção.
    Mais uma vez…sua aulas são d++++

  9. Dalton Vieira disse:

    Olá Julio,

    Muito obrigado pelos elogios. Nos vídeos de aprendizado uso o PowerPoint para realizar as animações e o WSC como plataforma gráfica.

    Sim, também monitoro oportunidades de daytrade. Atualmente não uso nenhum indicador.

    Grande abraço.

  10. marcus vinicius c roberti disse:

    E seu livro, quando sai?
    Abraços
    MV

  11. Dalton Vieira disse:

    Fala Marcus,

    Por enquanto é só um desejo, mas que tende a demorar a ser realizado. Obrigado pelo comentário.

    Grande abraço.

  12. Fernando disse:

    Minha dúvida é a seguinte: qual o período que utilizo para os indicadores?

  13. Dalton Vieira disse:

    Oi Fernando, boa noite.

    Isso vai depender do seu perfil operacional. Se suas operações são de curtíssimo a curto prazo, torna-se mais interessante usar períodos mais curtos nos indicadores. Por exemplo, médias de 9, 13 ou no máximo 21. O IFR mais usado é o de 14 períodos e a média de 21 períodos.

    Grande abraço.

  14. Antonio Carlos Araujo disse:

    vou começar investir, estou gostando muito dos seus ensinamentos, parabens

  15. Dalton Vieira disse:

    Excelente, Antonio.

    Espero sempre vê-lo por aqui e no meu canal no Youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  16. Eduardo disse:

    Parabéns pelo site!!! O conteúdo é realmente muito didático, ótimo para iniciantes e até para quem já entende do assunto, está me ajudando bastante!!! Gostaria de fazer apenas uma crítica construtiva: ficaria muito melhor se fosse retirada aquela música de fundo dos vídeos, acredito que ela atrapalha um pouco o estudo, pelo menos para mim.

  17. Aroldo Moraes disse:

    Caro Dalton

    Acabo de “estudar” seu video sobre divergência de Alta e achei ótimo como todos os demais.
    Te solicito um vídeo sobre “Alfinetadas do Didi” pois sei que sua didática é excelente. Garanto que todos vão gostar.
    Obrigado por compartilhar estes materiais conosco.
    Grato. Aroldo

  18. Dalton Vieira disse:

    Oi Eduardo, boa tarde.

    Obrigado pelo feedback. Sobre a música de fundo, isto somente será possível nos próximos vídeos.

    Espero sempre vê-lo por aqui e no meu canal no youtube (http://bit.ly/1guyirt). Grande abraço!

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.