Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

14.12.2016 | 15:47

Fim da Tendência de Baixa – Saiba como ocorre

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo como ocorre o fim da Tendência de Baixa.

Sinal que anula a tendência

Sendo a tendência de baixa caracterizada por topos e fundos descendentes, qual é o principal sinal gráfico que finaliza ou anula a tendência de baixa de um ativo? O rompimento da resistência proporcionada pela máxima do topo que antecede a mínima da tendência. Na prática como isto ocorre?

Na figura abaixo onde está o fundo mais baixo ou a mínima da tendência de baixa? Correto, no ponto destacado em azul. Na sequência qual o topo que antecede este fundo? Ótimo, no ponto destacado em vermelho. Então agora marcamos a resistência deste topo através de uma linha horizontal.

O final da tendência de baixa ocorrerá através de um movimento de alta que supere a resistência marcada. Neste caso a tendência de baixa foi anulada porque quebrou a sequência de topos descendentes. Necessariamente o próximo topo será formado acima do topo anterior.

Exemplo – GFSA3

No gráfico diário da GFSA3, figura abaixo, repare que do ponto A ao B há uma tendência de baixa bem definida pelos topos e fundos descendentes destacados. Olhando para o ponto C como podemos saber se a ação continua em tendência de baixa?

Simples, primeiramente identificamos a mínima da tendência de baixa, que neste caso está no ponto B. Agora marcamos com uma linha horizontal a resistência proporcionada pela máxima do topo que antecede a mínima da tendência.

Houve o rompimento desta resistência? Sim. Portanto a tendência de baixa da GFSA3 foi finalizada. Observe que em seguida há um movimento de baixa formando um topo mais alto que o topo anterior, confirmando assim a quebra da sequência de topos descendentes.

Exemplo – AMBV4

Vamos a outro exemplo. No gráfico diário da AMBV4, figura abaixo, repare que os topos e fundos são descendentes até o ponto A, ponto mais baixo do gráfico. Qual o topo que antecede a mínima da tendência de baixa? Correto. Traçamos então uma linha horizontal de resistência na máxima deste topo.

A partir deste momento já é possível perceber que a tendência de baixa foi finalizada. Mas por quê? Porque o movimento de alta iniciado no ponto A rompeu a linha de resistência do fundo anterior, ponto B, quebrando assim a sequência de topos descendentes.

A finalização da tendência de baixa torna-se mais importante quando há um fechamento acima da resistência. Neste exemplo isto somente ocorreu no próximo candle, ponto C, cujo preço de fechamento está acima da máxima do topo anterior.

Fundo ascendente

Vimos que a superação do topo que antecede o fundo mais baixo anula a tendência de baixa, mas e se ocorrer apenas um fundo mais alto? Veja na figura a representação gráfica do que acabei de perguntar.

A ocorrência do fundo ascendente destacado em azul anula a tendência? Não, apenas sinaliza um enfraquecimento da mesma, visto que não houve força vendedora suficiente para manter a sequência de fundos cada vez mais baixos.

Exemplo – CSNA3

O gráfico diário da CSNA3, figura abaixo, mostra o preço em tendência de baixa através dos topos e fundos descendentes destacados. Após o fundo mais baixo observe que houve a formação de um fundo mais alto, o que não anula a tendência. No entanto, representa um sinal de fraqueza ao não conseguir manter a formação de fundos descendentes.

A finalização da tendência de baixa é um importante sinal gráfico que traz a expectativa do início de uma nova tendência de alta.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Tendência de Baixa. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

16 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. Leonardo Pacheco Amorim disse:

    Eu nunca aprendi tanto em tão pouco tempo! Sempre procurava sites para iniciantes em ações e achava muitos e tal, mas não conseguia absorver o conteúdo dos mesmos.
    Por isso te dou os parabéns pelo excelente conteúdo e sua disposição em ensinar Dalton!

  2. Dalton Vieira disse:

    Olá Leonardo,

    Muitíssimo obrigado pelo seu valioso feedback. Espero que o conteúdo do site continue a agregar valor no seu aprendizado no mercado de ações.

    Grande abraço.

  3. Andre disse:

    MUito bom esse video Dalton, parabéns pelo video.

  4. Dalton Vieira disse:

    Olá Andre,

    Muito obrigado! Espero sempre contar com sua presença por aqui.

    Grande abraço e ótima semana.

  5. Lucas Cruz disse:

    Boa Tarde Dalton, faço as minhas palavras do Leonardo Pacheco, parabéns pelo site, seu método de ensino é fácil e rápido de aprender. Mas, por tudo o que assisti até agora, acabei tendo uma dúvida?

    A partir do momento em que a resistência é rompida e o próximo topo é maior do que o anterior, isto significa o fim da tendência de baixa, correto? A partir deste momento, é a hora de comprar o ativo?

    Você tem dados que comprovam a eficácia desta análise ou a taxa de probabilidade do preço do ativo continuar subindo quando isto acontece?

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá Lucas,

    Correto. A compra de um ativo na superação de uma resistência (topo) é sim uma estratégia de entrada, conhecida como rompimento. No entanto, a minha preferência é pela estratégia de correção. Após diversos estudos percebi que esta é a estratégia que me trouxe um melhor resultado, bem superior a de rompimento.

    Muito obrigado pelas congratulações e elogios. Grande abraço!

  7. Marco Brito disse:

    Boa tarde Sr. Dalton. Tenho andado a ver sites para obter o máximo de informação possivel. Pelo que vi aqui,e de forma simples o Sr. explica o essencial para que uma pessoa em fase de iniciação precisa. Vou ver isto tudo mais a detalhadamente, já que eu invisto em crude e há algumas funcionalidades de alguns instrumentos gráficos que não domino bem. Desde já muitos parabens pelo seu site.

  8. Dalton Vieira disse:

    Olá Marco,

    Muito obrigado pelo valioso feedback. Bons estudos!

    Grande abraço.

  9. james alan disse:

    gostaria de fazer parte do seu blog gostei da explicação

  10. Dalton Vieira disse:

    Oi James, boa tarde.

    Será um prazer vê-lo aqui diariamente, bem como no meu canal no youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  11. Daiane Guerra disse:

    Boa noite!
    Este conteúdo me ajudou muito!
    Obrigada!

  12. Dalton Vieira disse:

    Oi Daiane, bom dia.

    Fiquei feliz em saber que o conteúdo do site está agregando valor ao seu conhecimento no mercado. Espero sempre vê-la por aqui e no meu canal no Youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  13. Vinicius disse:

    Dalton estou maravilhado com o conteudo do seu site, Descobri-o ha apenas dois dias e tenho estudado bastnte.
    Fiquei com uma duvida:
    num video anterior vc disse que a tendencia de baixa acabava quando era rompida a linha que ligava os topos (linha INCLINADA – DESCENDENTE). Aqui vc disse que a tendencia é rompida quando cruza a linha HORIZONTAL.
    Qual a diferenca? Entendi errado?
    Obriado!

  14. Dalton Vieira disse:

    Oi Vinicius, boa tarde.

    O rompimento para cima de uma LTB é uma sinalização de possível fim da tendência de baixa. A superação da máxima do último topo descendente é uma sinalização mais relevante.

    Fico feliz em saber que o conteúdo do está agregando valor ao seu conhecimento no mercado. Obrigado pelo feedback. Espero sempre vê-lo por aqui e no meu canal no youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  15. Carina disse:

    Olá. Só estou aqui para reforçar o que o pessoal disse: seu conteúdo é muito bom! Agrega demais e é tudo muito simples de entender.

    Parabéns!
    Ps: Não pára não.

  16. Dalton Vieira disse:

    Oi Carina, bom dia.

    Muitíssimo obrigado pelo valioso feedback, um belo incentivo. Espero sempre vê-la por aqui e no meu canal no Youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.