Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

09.11.2007 | 1:12

IBOV – Divergências

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

O Ibovespa fechou o dia em leve alta de 0,10% não representando as fortes baixas das ações que compõem o índice. Só para se ter uma idéia, das 63 ações que compõem o índice somente 05 ações ficaram “em pé” (alta). As palavras do presidente do FED, Ben Bernanke, mudaram o humor do mercado nesta quinta-feira (08/11).

Economia dos EUA enfrenta riscos, não recessão, diz Bernanke

WASHINGTON (Reuters) – O chairman do Federal Reserve, Ben Bernanke, disse a parlamentares nesta quinta-feira que a economia norte-americana não parece estar caminhando para uma recessão, mas alertou que o crescimento pode se mostrar mais fraco que o esperado e a inflação mais alta.

“Nossa avaliação é de um crescimento mais lento, mas vai haver crescimento, e ele continuar no próximo ano”, disse Bernanke ao apresentar um relatório sobre a saúde da economia norte-americana para o comitê conjunto de economia do Congresso.

O chairman do Fed disse que a economia irá provavelmente experimentar uma desaceleração “notável” do crescimento nos últimos três meses do ano em relação à robusta taxa anual de crescimento de 3,9 por cento no terceiro trimestre, dizendo que a crise imobiliária dá sinais de que vai se intensificar e os gastos dos consumidores e das empresas podem desacelerar.

A divergência do Ibovespa com as ações que o representam foi proporcionada pelas ações da Petrobrás ON e PN (PETR3 e PETR4) que fecharam em forte alta de 14,45 e 14,16%. A participação destas duas ações na composição do índice para o dia 08/11 é de 2,85% (PETR3) e 15,98% (PETR4). Portanto, as altas destas ações representaram uma alta no IBOV de 2,67% e na minha opinião mascararam uma forte queda (acima de 2,5%) no Ibovespa.

O índice ao se aproximar da resistência de fechamento em 65.317 pontos teve uma grande pressão vendedora. O candle de hoje é um Doji e também a figura de uma Shooting Star que pode representar um padrão de reversão caso ocorra um fechamento abaixo da mínima (63.140) de hoje (08/11) e principalmente abaixo de 62.959 (suporte de fechamento do fundo dia 05/11).

Dos sinais de alta comentados na análise “IBOV – Contra-ataque dos touros e sinais de compra“, a FFTL4 foi a única que ficou no campo dos touros (compradores), acima da média móvel exponencial de 13 períodos (MME). As demais além de fechar abaixo da MME, fecharam também abaixo da mínima do candle responsável pelo sinal de alta.

Os investidores estrangeiros que nas duas últimas semanas compraram mais do que venderam, abriram esta semana vendendo mais do comprando. Resultado, o saldo da segunda e terça-feira dos investidores estrangeiros na Bovespa ficou negativo em R$ 634,77 milhões e R$ 719,28 milhões no mês.

A LAD (linha de avanços e declínios) perdeu um importante suporte formado no dia 22/10, quando o Ibovespa bateu em 59.472 pontos. Este sinal pode representar no mínimo o rompimento do suporte na mínima do fundo do dia 05/11 em 62.720 pontos.

O cenário deixado após o pregão desta quinta-feira é um grande alerta para realização de novas compras e motivo para um aperto nos stops. Vamos ver como terminará esta semana.

Até breve!

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.