Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

27.04.2016 | 19:52

IFR (Índice de Força Relativa) – Identifique momentos interessantes de compra ou venda

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo o que é e quais são as principais características do Índice de Força Relativa – IFR.

Conceito

O IFR é um importante indicador oscilador criado por Welles Wilder. O que ele monitora? Correto, monitora a velocidade e a mudança dos movimentos dos preços, visando sinalizar momentos em que o preço de um ativo está sobrecomprado ou sobrevendido. É um dos indicadores mais usados pelos analistas técnicos.

Como é o cálculo deste indicador? Para facilitar o entendimento, vamos dividir a fórmula do IFR em dois cálculos. Primeiramente vamos calcular a Força Relativa dividindo a média de ganhos (MG) dos fechamentos em alta pela média de perdas (MP) dos fechamentos em baixa.

E como encontramos as médias de ganhos e perdas? Para isto é necessário antes definir a quantidade de períodos a ser usada no cálculo. O padrão usado e recomendado pelo criador do indicador é 14 períodos. Neste vídeo cada período representará um dia.

Agora vamos encontrar a MG. No período de 14 dias pega-se todos os dias que fecharam em alta e faz o seguinte cálculo para cada dia: fechamento atual menos o fechamento anterior. Soma-se os resultados e divide pelo período definido.

Para encontrar a MP é o inverso. No período de 14 dias pega-se todos os dias que fecharam em baixa e faz o seguinte cálculo para cada dia: fechamento anterior menos o fechamento atual. Soma-se os resultados e divide pelo período definido.

Pronto, agora ficou bem simples saber o valor do IFR. Basta aplicar os valores encontrados para as médias de ganhos e perdas na fórmula apresentada, visando encontrar primeiramente a Força Relativa e na sequência o Índice.

Quais são as principais características do IFR?

1. Sua escala de oscilação é fixa, vai de 0 a 100.

2. Possui regiões de sobrecompra e sobrevenda. A região sobrecomprada geralmente está acima de 70 e a sobrevendida abaixo de 30. Estes valores podem variar de acordo com a tendência vigente, aumentando em uma tendência de alta e diminuindo em uma tendência de baixa.

Observe o gráfico diário da GGBR4 exibindo um histórico de cotações de aproximadamente dois anos. Na parte inferior do gráfico temos o IFR destancando as linhas horizontais de sobrecompra e sobrevenda.

Recomendo assistir ao vídeo de aprendizado relacionado ao significado de sobrecomprado e sobrevendido, visando obter um melhor entendimento sobre este importante assunto.

Quais são os principais sinais gráficos emitidos pelo indicador?

1. Invasão das regiões de sobrecompra e sobrevenda. Quando o IFR está acima dos 70 pontos aumenta-se a chance do preço reverter o movimento de alta para baixa, conforme destacado pelas setas vermelhas. E quando o IFR está abaixo dos 30 pontos aumenta-se a chance do preço reverter o movimento de baixa para alta, conforme destacado pelas setas na cor azul. Momento interessante para as operações de compra.

Repare no gráfico que o IFR ultimamente não está mais conseguindo superar os 70 pontos. Isto ocorre porque o preço está em tendência de baixa, apresentando fundos cada vez mais baixos. Neste caso, a região sobrecomprada passou a ser acima de 60 pontos, por ser um valor que o IFR bate e não consegue ficar muito tempo acima.

2. Divergências de alta e baixa entre o indicador e o preço. Estes são os sinais mais significativos do IFR, que aumentam as chances de reversão do movimento do preço. Recomendo assistir ao vídeo de aprendizado sobre divergências.

Vamos a um exemplo prático de divergência de alta usando o gráfico diário da GGBR4. Observe primeiramente que havia uma tendência de baixa formada pelos topos e fundos descendentes. O IFR estava coerente com o movimento do preço até o ponto A destacado no gráfico.

A partir deste momento começa a ocorrer a divergência de alta. Por quê? Porque o preço volta a cair e consegue superar a mínima do fundo anterior. No entanto, veja que o IFR para de cair antes da mínima do fundo destacado pelo ponto A.

Para ficar mais claro repare as linhas diagonais ligando os fundos do preço e do IFR. No preço a linha diagonal é descendente, já no indicador a linha é ascendente. Isto é um sinal de fraqueza da tendência de baixa vigente do ativo. Resultado, a GGBR4 iniciou em seguida uma tendência de alta.

Analistas de mercado costumam realizar operações de compra quando há uma divergência de alta no IFR. Por outro lado, geralmente realizam operações de venda quando há uma divergência de baixa.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Indicadores. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

23 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. Maico Drum disse:

    Ola Dalton, boa noite.
    Gostaria de le da os parabens pelo seu trabalho no site, eu ainda nao invisto na bolsa mas esto querendo começar, ja olho o mercado a algum tempo, e participo de alguns simuladores, mas le confeço me sinto meio perdido, ja havia lido muitas coisas sobre IFR, mas sepre muito confuso.
    mas a sua aula deu uma noçao sobre o assunto.
    Muito obrigado

  2. Dalton Vieira disse:

    Olá Maico,

    Muito obrigado pelas congratulações. Espero que o conteúdo do site possa lhe ajudar a melhorar seu conhecimento sobre o mercado de ações.

    Sucesso nos seus estudos. Grande abraço.

  3. Alexandre disse:

    a media dos ganhos e perdas nao deve ser calculada em cima do periodo completo (14)?

  4. Dalton Vieira disse:

    Correto Alexandre,

    Mas levando-se em consideração somente os dias de ganho e os dias de perda para fazer a divisão e encontrar a média de ganho e perdas, respectivamente.

    Grande abraço.

  5. Ronaldo Toledo disse:

    O Alexandre teve a mesma dúvida que tive e não consegui entender bem a resposta que você deu a ele. Cada uma das médias(perdas e ganhos) não é calculada dividindo-se a soma pelo número de dias do período, 14 no caso? Foi a fórmula de cálculo que vi em outros sites.

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá Ronaldo,

    O cálculo correto da média de ganhos e perdas é realmente pelo período definido do IFR, neste exemplo: 14. Vamos em breve fazer os devidos ajustes no texto e imagens.

    Não vejo necessidade neste momento de alterar o vídeo, até porque o mais importante no aprendizado repassado é qual a informação obtida com o IFR e o que fazer com a mesma.

    Desde já agradeço o seu comentário e do Alexandre. Grande abraço e um 2013 repleto de boas operações!

  7. joaquim costa disse:

    Bem explicado. Quero contudo realçar que as divergências no IFR só são válidas se os topos do IFR estiverem acima da linha dos 70 ou abaixo da linha dos 30, na situação oposta.

    Cumprimentos

  8. Dalton Vieira disse:

    Olá Joaquim,

    Obrigado pelo comentário. Sim, as divergências são mais significativas nas regiões de sobrevenda ou sobrecompra do IFR. No entanto, estas regiões podem variar de acordo com a tendência do preço de cada ativo.

    Um ótimo final de semana. Grande abraço.

  9. Magno disse:

    Se tivermos um período onde só temos ganhos, a média das perdas será zero, neste caso não temos com calcular o FR pois não é possível dividir por zero. Neste caso qual é a formula? Como o cálculo é feito?
    NO exemplo acima o cálculo no período de dois dias, nos dias 5 e 6 onde só houve ganhos.
    Estou entendendo alguma coisa errada?

  10. Dalton Vieira disse:

    Olá Magno,

    No caso de um período só de ganhos, isto pode acontecer quando o período de cálculo do IFR for muito curto, será considerado apenas a Média de Ganhos (MG). Não haverá necessidade de divisão, logo a Força Relativa FR será igual a MG.

    Grande abraço.

  11. Magno disse:

    valeu

  12. Récio Rodrigues disse:

    Os valores de MG ou MP podem dar negativos?

  13. Dalton Vieira disse:

    Olá Récio,

    Não. Isto porque nos dias de alta a diferença é dada pelo fechamento atual – fechamento anterior. Logo, a médias destas diferenças sempre será positiva. O mesmo ocorre para os dias de baixa, pois a diferença é dada pelo fechamento anterior – fechamento atual.

    Grande abraço.

  14. Sonia Gama disse:

    Dalton,

    gostaria de agradecer por este trabalho tão bem feito no seu site, que é a sala de aprendizado. Comecei a te acompanhar ha umas 2 semanas e todo o dia assisto um vídeo para enriquecer meus conhecimentos de análise técnica. Muito obrigada! Tenho melhorado bastante meus trades, não ficando tão dependente do software que eu utilizo, mas tendo mais liberdade de analisar e montar minhas estratégias com qualquer tipo de gráfico. Nunca achei antes um trabalho assim tão didático,facil de assimilar, e bem feito como o seu… e ainda por cima gratuito. É um compartilhamento de riqueza e conhecimento que certamente voltará multiplicado para você! abraços.

  15. Dalton Vieira disse:

    Olá Sonia, bom dia!

    Muito obrigado pelo valioso feedback. Feliz em saber que o conteúdo do site está agregando valor ao seu conhecimento no mercado financeiro. Espero sempre vê-la por aqui.

    Grande abraço.

  16. Constantino disse:

    Caro Dalton
    Boa tarde
    Gostaria de realizar o curso sobre Indicadores, e pesquisando na internet observei que existe alguns videos seus sobre o tema, minha pergunta é se o curso pago ele aprofunda mais sobre os indicadores?
    estou começando a pesquisar sobre esse mercado e tenho grande interesse em me especializar.

    Fico grato pela atenção
    Att.
    Constantino

  17. Dalton Vieira disse:

    Oi Constantino,

    No curso de Ferramentas Auxiliares há exemplos adicionais sobre o uso de cada indicador, bem como uma explicação detalhada do uso do Fibonacci (retrações e projeções). Mais detalhes em: http://daltonvieira.com/ferramentas-auxiliares.

    Parabéns pelo interesse em se preparar bem para investir no mercado de renda variável.

    Grande abraço.

  18. Marcos szuecs disse:

    Muito Bom esses vídeo-aula Dalton, vc é um mestre como o Noronha, Deschatre, Didi, etc.. Parabéns e sucessos.
    Abraços,
    Marcos Szuecs

  19. Dalton Vieira disse:

    Oi Marcos,

    Muito obrigado por prestigiar o conteúdo aqui do site, bem como do meu canal no youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  20. Wesley Braga disse:

    Boa Noite Dalton,
    Venho acompanhando suas análises e seus materiais, inclusive tenho recomendado pela qualidade do conteúdo.

    Gostaria se possível que você me ajudasse, não sei se estou errando no cálculo do IFR ou as ferramentas gráficas (via web).

    Vou pegar um exemplo rápido.

    ativo: POMO4
    DATA|PREÇO|DIFERENÇA|GANHO|PERDA
    05/08 |3,38|0,03| 0,03|0
    04/08 |3,35|-0,07|0|-0,07
    03/08 |3,42|0,18|0,18|0

    ifr(2) somente 2, já fiz com 3,4,5 .. 14 e todos não batem com as ferramentas gráficas (via web)

    GANHO |PERDA
    SOMA 0,03 0,07
    MEDIA 0,015 0,035
    FR 0,43

    Fiz a soma dos dias 05 e 04, tentei com 04 e 03 e nada.

    IFR(2)
    PAPEL |MANUAL| SITE
    POMO4 |30 | 68

    Estou usando a fórmula =100-(100/(1+FR)), exatamente como você e todos os livros e sites mostram.

    Onde está o erro? Você poderia me ajudar?
    Desde já obrigado,

  21. Dalton Vieira disse:

    Oi Wesley, bom dia.

    Através dos 3 dias passados seria possível calcular no máximo até o IFR(3). Neste caso você somará a diferença dos dias que terminaram positivos (3 e 5/8) e dividirá por 3. Depois somará a diferença dos dias que terminaram negativos (somente o dia 4) e dividirá por 3. O FR será igual a 3 e o IFR ficará em 75 (%).

    Grande abraço.

  22. Luís Gustavo Sucupira Afonso disse:

    Boa tarde Dalton,

    Primeiramente obrigado pelos esclarecimentos contidos no blog, têm sido muito útil. Sei que é algo mais pessoal, que varia de pessoa pra pessoa, mas quais indicadores, e seus períodos respectivamente, você indicaria pra operar a curto prazo (1 a 5 dias) ?

  23. Dalton Vieira disse:

    Oi Luís, bom dia.

    Eu atualmente não uso indicador, você pode perceber nas minhas vídeo análises. No entanto, se tivesse que recomendar, seria a média móvel simples de 21 períodos. Caso queria operações mais curtas a média móvel exponencial de 13 períodos.

    Grande abraço.

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.