Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

15.04.2015 | 16:36

Índices e ETFs – O que são e como negociá-los

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo o que são os índices na BM&FBovespa e qual a forma de negociá-los.

O que são os índices da bolsa de valores?

São indicadores que medem o desempenho médio de um grupo de ações. De maneira geral os índices podem representar o comportamento do mercado acionário ou de um determinado setor da economia.

Por exemplo, você já ouviu ou leu algo como: “A bolsa subiu hoje 2%”? Pois é, isto signifca que o Índice Bovespa, também chamado de Ibovespa, subiu hoje 2%.

O Ibovespa (IBOV) é o mais importante indicador de desempenho do mercado de ações brasileiro. Por quê? Porque as ações que fazem parte deste índice são responsáveis por mais de 80% do volume de negócios na bolsa.

Qual a composição de um índice?

Um índice é formado por uma carteira teórica de ações. Por exemplo, o Ibovespa é constituído por mais de 60 ações. A composição de cada índice costuma ser alterada a cada quadrimestre, ou seja, 3 vezes por ano.

Cada ativo tem um peso ou uma participação percentual diferenciada no índice, sendo que os mais negociados possuem um peso maior. Observe por exemplo na figura abaixo a participação da PETR4 e VALE5 no Ibovespa, referente ao período de setembro a dezembro de 2011, comparando com as demais ações listadas.

O peso ou a participação significa a representatividade que um ativo terá em um determinado índice. Por exemplo, suponhamos que a PETR4 tem 10% de participação no Ibovespa. Logo, uma alta de 3% na ação representará positivamente 0,3% no Ibovespa.

Índices BM&FBovespa

Só existe o Índice Bovespa na BM&FBovespa? Não. Há diversos índices na bolsa, cada um com uma composição distinta. Alguns deles são índices setoriais, ou seja, que representam determinados setores da economia. Vamos a alguns exemplos:

1. Índice Financeiro (IFNC) – mede o desempenho das ações de empresas de serviços financeiros, abrangendo previdência, seguros e intermediários. Exemplos de algumas empresas que fazem parte deste índice: Banco Bradesco, BM&FBovespa, Cielo e Porto Seguro.

2. Índice de Energia Elétrica (IEEX) – reflete o comportamento das ações de empresas do setor elétrico. Exemplos de algumas empresas que fazem parte deste índice: Eletrobrás, Cespe e Cemig.

Para conhecer todos os índices disponíveis na bolsa basta acessar o site da BM&FBovespa, menu Mercados > Ações e, em seguida, Índices. Além da lista completa dos índices, você saberá por exemplo qual a composição dos índices e a participação percentual de cada ação.

Como negociar

É possível negociar os índices? Não. Porém é possível negociar ETFs (Exchange Traded Funds). Mas o que é ETF? É um fundo de índice cujas cotas são negociáveis na BM&FBovespa semelhante a uma ação, buscando espelhar a variação e a rentabilidade de um determinado índice.

Desta forma, ao comprar um fundo de índice o investidor aplica ao mesmo tempo em uma carteira de ações de diferentes empresas. Esta é uma maneira simples de diversificar o investimento no mercado de ações utilizando um capital menor.

Como negociar os ETFs na bolsa de valores? Simples, o investidor poderá negociar um fundo de índice através do home broker, procedimento similar à compra ou venda de ações. No entanto, será necessário conhecer os códigos de negociação destes fundos.

Os códigos dos ETFs são compostos por 4 letras maiúsculas seguidas do número 11. As letras geralmente representam o nome do índice em que o fundo está atrelado. Veja alguns exemplos de códigos e os seus respectivos índices de referência destacados na tabela.

Para ver a lista completa e atualizada dos ETFs, basta acessar o site da BM&FBovespa, menu Mercados > Fundos / ETFs.

Comprando um ETF

Existe uma quantidade mínima para comprar um fundo de índice? Sim, no mercado à vista a quantidade mínima é igual a 10 cotas, correspondente a um lote padrão dos ETFs.

E qual o investimento necessário? Dependerá do valor da cota do fundo escolhido no dia da compra. Por exemplo, no dia 1º de agosto de 2011 para comprar 10 cotas de BOVA11 seria necessário desembolsar R$ 574,00, conforme destacado na figura.

Há também a possibilidade de negociar frações de um lote padrão, ou seja, que não seja múltiplo de 10. Por exemplo, comprar 1 a 9 cotas de um determinado ETF. Neste caso, o investidor estará negociando no mercado fracionário, assunto que será abordado em outro vídeo de aprendizado.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Introdução ao Mercado de Ações. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

17 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. Índices e ETFs – O que são e como negociá-los - Blog Investmania disse:

    [...] Título: Índices e ETFs – O que são e como negociá-los Resumo: Neste vídeo você saberá sobre indicadores que medem o desempenho médio de um grupo de ações. E também sobre ETF, que é um fundo de índice cujas cotas são negociáveis na BM&FBovespa semelhante a uma ação, buscando espelhar a variação e a rentabilidade de um determinado índice. Fonte: Dalton Vieira [...]

  2. Alexandro Texeira disse:

    Bom dia.Posso comprar ETFs pelo Home Broker da caixa econômica. ? Sou cliente e isso me facilitaria muito, mas lá não diz nada sobre isso somente sobre compra e venda de ações. Muito bom esse site, bem simples , direto, esclarecedor e ótimo conteúdo.Aguardo contato.

  3. Alexandro Texeira disse:

    Bom dia , gostaria de saber se posso comprar outros ETFs, além daquele que a caixa oferece, em seu Home Broker?Sou cliente e isso me facilitaria muito. Aguardo contato.

  4. Dalton Vieira disse:

    Olá Alexandro,

    Acredito que sim. Você pode confirmar isso simulando uma compra da BOVA11. Ao colocar esse código no HB e aparecer os dados do ativo (ETF), você estará apto a negociá-lo. Outra forma é entrando em contato com a central de atendimento da corretora da Caixa.

    Grande abraço.

  5. Dalton Vieira disse:

    Olá Alexandro,

    Por favor, insira no seu HB os códigos dos ETFs disponíveis na BM&FBovespa e veja se os dados de cada um são carregados (lote padrão, nome de pregão, etc). Caso afirmativo, acredito que seja devidamente possível negociá-los pelo HB da Caixa.

    Obrigado por prestigiar o conteúdo do site. Espero sempre vê-lo por aqui. Grande abraço.

  6. Renan disse:

    Cara, suas aulas são perfeitas!

  7. Dalton Vieira disse:

    Valeu Renan pelo feedback. Grande abraço!

  8. Luís Gustavo disse:

    Boa noite Dalton,

    Novamente, parabéns pelo blog, ta me ajudando muito mesmo! Quanto a indices e ETFs, gostaria de entender melhor, como funciona essa relação entre os índices e ETFs. Porque por exemplo, no último pregão o índice IBOVESPA fechou com uma desvalorização de -0,07%, e o ETF BOVA11 valorizou +0,37%. E até uma outra pergunta, se os índices não são negociados, como valorizam e desvalorizam ?

  9. Dalton Vieira disse:

    Oi Luís,

    1. Uma ETF busca espelhar o comportamento de um determinado índice. Isto não significa que a variação percentual tem que ser idêntica, apesar da correlação muito alta.

    2. Um índice geralmente é um “indicador” para medir o desempenho médio de um grupo de ações. Logo, a sua variação é proveniente de uma metodologia de cálculo baseada no comportamento dos ativos que fazem parte da sua carteira.

    Grande abraço.

  10. Rafael disse:

    Bom dia, Dalton. O conceito de lucro quando compro ETFs é apurado quando vendo uma cota ou quando ela simplesmente se valoriza no final do mês, independente de eu tê-la vendido ou não? Em caso de obter lucro, devo pagar o IR mesmo não tendo efetuado venda de ações ou só pago quando as vendo? Obrigado.

  11. Dalton Vieira disse:

    Oi Rafael,

    Apenas quando você realizar o lucro, ou seja, vender suas ETFs.

    Grande abraço.

  12. Otávio Alves Ribeiro disse:

    Olá, Dalton.
    Posso operar vendido em ETFs?
    Como deveria proceder?
    Obrigado e parabéns pela didática!

  13. Dalton Vieira disse:

    Oi Otavio, bom dia.

    Sim, é possível operar vendido em ETFs. É importante verificar os procedimentos junto a sua corretora, bem como a disponibilidade para aluguel em caso de swing trade (ficar posicionado). Acredito que seja mais interessante operar vendido no mini índice do Ibovespa do que por exemplo na ETF BOVA11.

    Grande abraço.

  14. Otávio Alves Ribeiro disse:

    Valeu, Dalton. Muuuuuito obrigado!
    Grande abraço!

  15. Thiago disse:

    Parabéns pelo site. Simples e objetivo.

  16. Dalton Vieira disse:

    Oi Thiago, boa noite.

    Muitíssimo obrigado pelos elogios ao conteúdo do site. Espero sempre vê-lo por aqui e no meu canal no Youtube (http://bit.ly/1guyirt).

    Grande abraço.

  17. Miguel disse:

    Boa tarde,
    Investimentos em ETF’s são rentáveis?? Em que prazo? Vale a pena investir pequenos montantes?

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.