Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

16.08.2013 | 16:31

Médias Móveis – Aprenda como utilizá-las para auxiliar suas operações

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo o que são as médias móveis e suas principais características.

Imagem de Amostra do You Tube

Conceito

A média móvel é um importante indicador da categoria dos Rastreadores de Tendência. O que ela mede? Correto, o valor médio do preço, volume ou mesmo de outro indicador em um determinado período. Sua representação gráfica geralmente é feita por meio de uma linha, a qual se movimenta a cada novo dado recebido para cálculo.

Para realizar o cálculo da média das cotações de um ativo é necessário definir alguns pontos importantes. Quais são os principais?

1. O tipo da média a ser usada: simples, exponencial, ponderada ou outra? Abordarei a seguir as médias simples e exponencial, pois são as mais utilizadas.

2. O preço: abertura, máxima, mínima ou fechamento? O preço de fechamento é o mais usado no cálculo da média, pois representa o consenso dos investidores ao final de um período de negociações.

3. O período: é a quantidade de dados ou elementos que serão usados no cálculo da média.

A média móvel é uma ferramenta bem simples, mas amplamente difundida e utilizada pelos analistas de mercado.

Características

O que torna a média móvel uma ferramenta tão útil e versátil? Vamos aos principais motivos:

1. Suaviza os movimentos do preço, ou seja, retira os ruídos, representados pelas oscilações mais fortes. Com isso torna-se mais simples entender o comportamento do preço de um ativo.

2. Ajuda a identificar a tendência vigente do preço. De que forma? Simples, média móvel inclinada para cima, conforme mostra o ponto A no gráfico, sinaliza uma tendência de alta. Média móvel inclinada para baixo, conforme mostra o ponto B, sinaliza uma tendência de baixa do preço.

Vale ressaltar que quanto maior for o período de cálculo da média, maior será o prazo da tendência monitorada. Por exemplo uma média móvel de 200 períodos no gráfico diário sinaliza a tendência de longo prazo de uma ação, já uma de 21 períodos monitora a tendência de curto prazo.

3. Funciona como suporte e resistência para o preço. Veja como é prático, se o preço está acima da média, conforme destacado pelo ponto C no gráfico, a média tende a funcionar como suporte. No ponto D no gráfico é o inverso, a média funciona como resistência, pois o preço está abaixo dela.

Vamos agora abordar os dois tipos de médias mais utilizados pelos analistas.

Média Móvel Simples

Média Móvel Simples (MMS) ou Aritmética – é formada através do somatório de um conjunto de valores numéricos dividido pela quantidade de elementos somados, conforme especificado pela fórmula.

Agora por que ela é móvel? Porque ao entrar um novo preço para cálculo, o primeiro da série anterior é retirado da soma. Para ficar mais claro vamos ao exemplo prático no gráfico diário da GGBR4, usando uma MMS de 5 períodos sobre o preço de fechamento – o mais utilizado.

Para sabermos a MMS-5 no ponto A destacado no gráfico acima, pega-se a soma dos últimos 5 preços de fechamento e divide por 5. Resultado: 21,99. Ao entrar um novo preço de fechamento o cálculo é refeito considerando novamente os últimos 5 preços de fechamento.

Observe que com a entrada do novo dado, o primeiro da série anterior foi descartado. Com isso o novo valor da média móvel passou a ser de 22,07. Este é o principal motivo do nome Móvel. A cada novo dado o primeiro da série anterior é descartado, fazendo com que a média se movimente ao longo do tempo.

Média Móvel Exponencial

Média Móvel Exponencial (MME) – é caracterizada por dar um peso maior ao preço mais recente no cálculo da média, conforme pode ser observado na fórmula. O objetivo principal é acompanhar mais rapidamente a mudança do preço de uma ação.

Por este motivo, costuma-se dizer que a MMS é lenta e a MME é rápida. Observe a diferença do comportamento das duas no gráfico diário da GGBR4, usando 13 períodos para ambas. A partir do ponto A repare que o preço reverte o movimento de queda. Neste caso, veja como a MME altera a sua direção antes da MMS.

Apesar das diferenças entre as médias móveis exponencial e simples, não há como dizer que uma é melhor que a outra. Cada analista tem sua preferência. Ao meu ver o mais importante após a definição do tipo e período da média móvel é manter a configuração realizada, visando entender o comportamento do preço em relação à média.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Indicadores. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

8 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. MARCOS LEONARDO disse:

    DALTON COMO EU CONSIGO ESSE GRAFICO IGUAL AO SEU QUE EU CONSIGO COLOCAR ESSAS MEDIAS MOVEL PARA ANALISE, ESTOU APRENDENDO A OPERAR EM AÇOES E QUERIA UMA AJUDA.

  2. Dalton Vieira disse:

    Olá Marcos,

    Qual plataforma gráfica que você menciona, das vídeo análises ou vídeos de aprendizado? Caso não tenha necessidade de cotações em tempo real, você tem uma ótima opção de custo x benefício que é o WSC (daltonvieira.com/wsc).

    Grande abraço.

  3. Saullo disse:

    Cara, muito legal seu vídeo! Quanto ao uso de várias médias no mesmo gráfico, eu vi na infomoney diversas dicas sobre isso. Tem alguma outra dica pra passar a régua no assunto? rss

  4. Dalton Vieira disse:

    Olá Saullo,

    Obrigado pelo feedback. O uso de mais de uma média no mesmo tempo gráfico é para representar prazos diferentes, conforme você leu no artigo da Infomoney. Eu gosto do uso de uma segunda média quando o objetivo é representar a média principal em um tempo gráfico acima. Exemplo, suponhamos que você eu estabeleça a média móvel de 13 períodos como sendo a minha principal. Logo, colocarei esta em todos os tempo gráficos. A 2ª média a ser inserida em cada tempo gráfico deverá, no meu caso, representar a média de 13 no gráfico acima. Exemplo, no diário ficaria a de 13 e 62 ou 65 (representando a de 13 no semanal). No semanal ficaria a de 13 e a 57 (representando a de 13 no mensal).

    Grande abraço.

  5. Waneska disse:

    Excelente! Didático e super claro! Não sou da área e compreendi perfeitamente o conceito e a aplicação. Obrigada!

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá Waneska,

    Muitíssimo obrigado pelo valioso feedback. Espero sempre vê-la por aqui.

    Grande abraço.

  7. Jayme disse:

    Rapaz, você é muito bom! Parabéns mesmo pelo excelente trabalho com o vídeo. Rápido, direto, interessante e, sobretudo, esclarecedor. Boa sorte em suas empreitadas! :)

  8. Dalton Vieira disse:

    Olá Jayme,

    Muitíssimo obrigado pelos elogios. Espero sempre contar com sua presença por aqui. Sucesso nos investimentos!

    Grande abraço.

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.