Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


leilao

Saiba como funciona o leilão de fechamento

Aprenda como participar do leilão de fechamento, suas principais características e como posicionar a ordem de compra ou venda para que a mesma seja executada ao final do leilão. Assista!

Fundo Duplo

Fundo Duplo – Saiba como identificar e tirar proveito

Saiba o que é, como identificar no gráfico e tirar proveito operacionalmente desta figura de reversão. Assista!

Sobrecomprado e sobrevendido

Sobrecomprado e sobrevendido – Saiba os momentos mais arriscados para comprar

Você sabe qual é o significado de sobrevendido? E o que fazer quando um ativo fica sobrevendido? Assista!

Vídeo - Engolfo de Baixa

Engolfo de Baixa / Bearish Engulfing – O que é e como identificá-lo?

Saiba o que é e como identificar o Engolfo de Baixa no gráfico. Veja também suas principais características e alguns aspectos importantes.

Pivô de Alta

Pivô de Alta – Como identificar e tirar proveito

O que é um Pivô de Alta e qual o seu significado? Como ocorre a confirmação do pivô e quais os fatores que aumentam sua importância? Assista ao vídeo e entenda!


Blog

26.10.2007 | 1:23

PETR4 – Nova máxima histórica

Publicado na(s) categoria(s) Petrobras, por Dalton Vieira

Confirmando a maior probabilidade de alta, destacada na análise anterior, a PETR4 (gráfico diário ao lado) nesta quinta-feira (25/10) fez nova máxima histórica ($68,35) e fechou exatamente na máxima do topo anterior ($68,10), representando uma alta de 1,34%. O fechamento deste pregão e o bom volume de negociações, 30,73% acima da média dos últimos 30 dias (figura abaixo), sinalizam uma nova máxima no pregão desta sexta-feira (26/10).


Na minha opinião para os comprados no curto prazo seria interessante trabalhar com um stop mais curto, devido aos seguintes motivos:

  1. O fechamento desta quinta-feira do Ibovespa “respeitou” a máxima do dia anterior e formou um candle de indecisão;
  2. Pressão vendedora na zona de resistência dos 63.000 pontos;
  3. Divergência entre IBOV e o saldo dos investidores estrangeiros que continua aumentando o saldo negativo (-3,07 bilhões de reais em até o dia 23/10).

Para um stop mais curto a primeira possibilidade é colocar um pouco abaixo da mínima ($66,63) do dia 25/10, podendo inclusive aguardar o fechamento devido ao bom desempenho, até o momento, nesta semana.

Até breve!

25.10.2007 | 11:42

EUA – Vendas de casas novas

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Agora 12hs nos EUA há um importante indicador – Vendas de Casas Novas, que mede o número anualizado de novas residências contruídas que foram vendidas no mês anterior. Este indicador pode ser o motivo que o mercado espera para romper a forte resistência que o Bovespa chegou hoje, por volta em 63.300, ou então de “azedar” e cair ao testar esta resistência.

No primeiro dia desta semana os investidores estrangeiros continuaram vendendo mais do que comprando e o saldo do mês ficou ainda mais negativo, na casa dos 3,06 bilhões de reais. Agora é observar até onde vai a divergência entre o IBOV e o capital estrangeiro.

Até breve!

25.10.2007 | 0:38

IBOV e PETR4 – Pressão compradora no suporte

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Petrobras, por Dalton Vieira

Após o sinal de alta do dia 23/10, o Ibovespa nesta quarta-feira (24/10) fechou praticamente estável a 62.624 pontos (-0,12%). Após estar em queda de quase 2%, nas últimas duas horas do pregão houve uma forte pressão compradora proporcionando uma subida de mais de 1.000 pontos no índice. A ação dos touros (compradores) ocorreu nos suportes da média móvel de 13 (MME) períodos e na linha de tendência de alta (LTA).

O apetite dos touros no final do pregão aumenta a probabilidade do Ibovespa testar a resistência em 63.348 pontos.

A PETR4 foi um dos maiores destaque no pregão de hoje (24/10), fechando em alta considerável de 4,20%. A alta de hoje nesta ação emite um sinal de um provável rompimento do topo histórico em $68,10, pois o fechamento ocorreu praticamente na máxima do grande candle de alta no gráfico diário (figura ao lado). Além disso, o volume de negociações foi superior à média dos últimos 21 dias. O sinal de alta do dia 23/10 ocorreu após o teste do suporte em $60,59 proporcionado pela antiga resistência do topo do dia 02/10.

Obrigado pela leitura. Até breve!

24.10.2007 | 0:49

Estrangeiros x Ibovespa

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Os estrangeiros que começaram a semana passada (15 a 19/10) comprando mais do que vendendo, fecharam a semana vendendo mais do que comprando. O saldo dos investidores estrangeiros (SIE) na Bovespa fechou a semana negativo em 801 milhões de reais. O acumulado do mês ficou em -2,83 bilhões de reais. A seguir a tabela com a participação dos investidores no mês de outubro, contendo também o saldo da semana.


Já o Ibovespa nos dois primeiros dias desta semana já acumula uma alta de 2,96%. Será o que os estrangeiros resolveram ir às compras? É provável. A alta destes dias (22 e 23) confirmou o padrão de reversão (Hammer – martelo) no gráfico diário do IBOV (figura ao lado), conforme destacado na análise anterior. O sinal de alta ocorreu em uma importante zona de suporte, o que aumenta a força do sinal e a probabilidade da resistência em 63.348 (máxima do dia 19/10) ser testada.

O volume financeiro deste sinal de alta foi abaixo da média dos últimos 21 períodos e o SIE neste mês de outubro foi negativo em todas as semanas. Na minha opinião seria mais sensato o uso de stops mais curtos para possíveis operações de compra dentro do cenário atual. Algumas ações que destaco: ARCZ6, VCPA4 e GOLL4.

Até breve!

23.10.2007 | 0:45

IBOV – Touros em ação no suporte

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Na análise semanal do Ibovespa mencionei:

“Esta região que vai de 60.098 (fechamento do dia 03/10) a 59.535 pontos (mínima do dia 04/10) coincide com a linha de tendência de alta (LTA), o que aumenta a importância desta faixa de suporte e pode proporcionar possíveis pontos de compra.”

O que podemos observar hoje, dia 22/10, foi justamente uma pressão compradora (touros) na região de suporte supracitada, fazendo com que o IBOV fechasse em ligeira alta de 0,53%. Foi um dia de boas compras curtas (intraday). O candle de hoje é chamado de Hammer (martelo), um padrão de reversão que ocorre nos suportes. Na minha opinião, a confirmação deste padrão ocorrerá se houver um fechamento acima da máxima (61.378) deste candle, melhor ainda se for acima da média móvel exponencial de 13 períodos (61.726 pontos).

O que ainda me deixa mais cauteloso é o aumento do saldo negativo dos investimentos estrangeiros na Bovespa, que após o dia 18/10 ficou em -2,4 bilhões de reais. Outro ponto interessante é que a BTOW3 foi a única ação do índice Bovespa cujo seu volume de negociações do dia ficou acima de 25% da média dos últimos 30 dias (figura abaixo). O resto ficou abaixo de 10% e a maioria com variação negativa em relação aos últimos 30 dias, o que reforça a cautela ao pensar em comprar.


Até breve! Tenha uma ótima semana.

20.10.2007 | 14:11

IBOV – Análise da semana: 15 a 19/10

Publicado na(s) categoria(s) Análises Semanais, Ibovespa, por Dalton Vieira

Gráfico Semanal

O Ibovespa terminou a semana com baixa de 2,50%. Esta queda representou um sinal de baixa, chamado Evening Doji Star (padrão dos candles), dentro da tendência de alta no gráfico semanal (figura ao lado). Este sinal aumenta a probabilidade da continuidade da correção do último movimento de alta de quase 20.000 pontos.

Neste tempo gráfico há uma região de suporte para esta correção que vai de 59.535 (mínima da semana 01 a 05/10) até 58.292 pontos (antiga resistência – máxima da semana 16 a 20/07). Esta região pode proporcionar bons sinais de compra.

Gráfico Diário


Medo de recessão nos EUA gera pior queda na Bovespa desde julho
SÃO PAULO (Reuters) – A Bolsa de Valores de São Paulo registrou nesta sexta-feira a maior queda diária desde o final de julho, contaminada pelo desempenho ruim dos mercados acionários globais diante de novos temores de recessão nos Estados Unidos, a maior economia do mundo.

A nova onda de temor sobre a saúde da economia dos EUA, deflagrada nesta sexta-feira, começou com a Caterpillar, maior fabricante de equipamentos pesados do país. A companhia reduziu sua previsão de lucro e afirmou que diversas indústrias-chave nos EUA, das quais é fornecedora, estavam em recessão.

O Ibovespa fechou a sexta-feira, dia 19/10, em forte baixa de 3,74%. O grande candle de baixa deste dia, com fechamento abaixo das mínimas dos candles anteriores e da média móvel exponencial de 13 períodos, representa uma maior probabilidade do teste da região de suporte no gráfico diário (figura ao lado).

Esta região que vai de 60.098 (fechamento do dia 03/10) a 59.535 pontos (mínima do dia 04/10) coincide com a linha de tendência de alta (LTA), o que aumenta a importância desta faixa de suporte e pode proporcionar possíveis pontos de compra. Um fechamento abaixo de 59.535 significa a quebra da tendência de alta neste tempo gráfico. Outro suporte importante está em 58.292 pontos, máxima do dia 19/07.

Na minha opinião, a análise dos gráficos diário e semanal após o fechamento desta semana aliada ao saldo negativo (2,2 bilhões de reais) dos investidores estrangeiros na Bovespa, proporciona um cenário de risco mais elevado para a realização de compras de ações. O fechamento da próxima semana pode alterar este cenário, mas a minha leitura é de aguardar um melhor momento para novas operações, até porque o lucro desde o final de agosto foi excelente.

Até breve!

 Página 1.167 de 1.193  « Primeira  ... « 1.166  1.167  1.168  1.169 » ...  Última »