Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Stop Gain

Stop Gain – Saiba como estabelecer a saída automática com lucro de uma operação

Aprenda a colocar o lucro no bolso automaticamente quando sua compra atingiu o objetivo estabelecido. Assista!

Estratégias de Compra

Estratégias de Compra – Saiba quais são as principais usando a análise técnica

Quais são as principais estratégias de compra usando a análise técnica? Quando usar cada uma delas? Assista ao vídeo e tire suas dúvidas!

Indicadores

Indicadores – Rastreadores, Osciladores e Mistos

Saiba o que são os indicadores, conheça suas principais categorias e as características de cada uma. Assista!

Topo Duplo

Topo Duplo – Saiba como identificar e tirar proveito

Saiba o que é, como identificar no gráfico e tirar proveito operacionalmente desta figura de reversão. Assista!

Spread

Spread – O custo oculto entre as melhores ofertas de compra e venda

Entenda o que é o spread e a qual a sua importância. Além disso, sabia como calculá-lo e veja quais são as ações com spreads menores. Assista!


Blog

18.11.2007 | 9:14

IBOV – Análise da semana: 12 a 16/11

Publicado na(s) categoria(s) Análises Semanais, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Gráfico Semanal

O Ibovespa em mais uma semana de alta volatilidade e briga entre touros (compradores) e ursos (vendedores), fechou em alta de 0,45%. É a terceira semana consecutiva que há a formação de um doji neste tempo gráfico (figura ao lado). O ponto importante a observar após a formação do primeiro doji é que as semanas posteriores oscilaram abaixo das mínimas dos candles anteriores, porém nenhum deles fecha abaixo da mínima do anterior. Portanto, não houve até o presente momento a confirmação de um padrão de baixa.

E qual a leitura do gráfico que faço das semanas posteriores ao primeiro doji? A pressão compradora nestas duas últimas semanas impediu a ocorrência de um sinal de baixa e elevou o preço de fechamento histórico, primeiramente a 64.320 e por último a 64.609. Desta forma, na minha opinião a maior probabilidade está no rompimento do topo histórico (65.948), principalmente após testar os suportes proporcionados pela MME de 13 períodos e o fechamento em 60.894 pontos.

Gráfico Diário

Dando continuidade a perspectiva de alta supracitada, no gráfico diário (figura ao lado) o IBOV cancelou um forte sinal de baixa do início da semana (12/11) ao fechar em 64.630 pontos no dia 14/11, aliado a um bom volume financeiro. Na sexta-feira, dia 16/11, houve o teste do suporte proporcionado pela MME de 13 e novamente ocorreu uma pressão compradora fazendo com que o Ibovespa fechasse o dia estável (-0,03%).

O alinhamento dos 02 tempos gráficos (semanal e diário) a favor dos touros reforça uma maior probabilidade do rompimento do topo histórico. E o que quebraria esta perspectiva de alta? Um fechamento abaixo da mínima do dia 14/11 em 62.918 pontos, o que levaria o IBOV novamente para baixo da MME de 13.

A seguir as resistências que antecedem o topo histórico e importantes para se observar o comportamento do IBOV caso estas sejam testadas.

  • Linha de tendência de baixa (LTB)
  • 65.282 – máxima do dia 08/11
  • 65.317 – maior fechamento histórico (31/10)

Ponto desfavorável

Qual é o ponto que está divergente da maior probabilidade de alta do Ibovespa? O saldo dos investidores estrangeiros que neste mês até o dia 13/11 está negativo em R$ 2,91 bilhões. Este é o ponto de alerta.

Vamos ver se nesta próxima semana temos a decisão para qual lado vai o IBOV.

Uma ótima semana para todos!

16.11.2007 | 10:52

Mercados no feriado

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

No feriado do dia 15/11 as principais bolsas de valores (EUA, Europa e Ásia) fecharam em baixa, enquanto a Bovespa estava fechada. Hoje, dia 16/11, as bolsas na Ásia fecharam em queda novamente. Na Europa (FTSE e DAX 30) estão operando em baixa até o presente momento.

O mais provável nesta sexta-feira é o Ibovespa acompanhar o comportamento das bolsas externas no dia 15/11, inclusive o deste dia (16). Agora, será que o IBOV vai “descolar” das demais bolsas e operar o dia em alta?

Vamos aguardar, inclusive o fechamento da semana. Até breve!

15.11.2007 | 0:26

IBOV – Quebra do sinal de baixa

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

O Ibovespa nesta quarta-feira, dia 14/11, anulou o forte sinal de baixa do dia 12/11. Em mais um dia de forte alta o IBOV fechou em 64.630 pontos, representando uma alta de 2,71%. O candle deste dia representa um bom sinal de alta no gráfico diário (figura abaixo).

A seguir pontos positivos e negativos neste sinal de alta:

Pontos positivos

  • Quebra de um forte sinal de baixa (12/11);
  • Retorno para cima da média móvel exponencial de 13 períodos (terreno dos touros);
  • Bom volume de financeiro, aproximadamente R$ 5,13 bilhões;
  • OBV (on balance volume) acumulando com topos e fundos ascendentes e nova máxima histórica;
  • A favor do gráfico semanal que está em tendência de alta e no terreno dos touros (compradores).

Pontos negativos

  • Saldo dos investidores estrangeiros que está negativo no mês em R$ 2,64 bilhões;
  • Rompimento da linha de tendência de alta (LTA);
  • Topos e fundos descendentes no gráfico diário.

Caso o Ibovespa feche acima de 65.282, próxima resistência, quebrará a sequência de topos e fundos descendentes, que podem ser uma simples correção ABC (ondas de Elliott) para um novo impulso de alta e uma nova máxima histórica.

Tenha um ótimo feriado. Até breve!

14.11.2007 | 0:21

IBOV – Testando a resistência que era suporte

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Nesta terça-feira, dia 13/11, o Ibovespa fechou em alta de 2,28%. A reação dos touros ocorreu após o IBOV se aproximar do suporte em 60.894 pontos. O fechamento do dia ficou muito próximo da resistência em 62.959 pontos, proporcionada pelo antigo suporte. Outra resistência importante é a média móvel exponencial de 13 períodos (MME).

A quebra do forte sinal de baixa ocorrido na segunda-feira, dia 12/11, ocorrerá se houver um fechamento acima da máxima deste dia em 64.320, o que também proporcionará um retorno do índice para cima da MME.

Capital Estrangeiro

O saldo dos investidores estrangeiros (SIE) na Bovespa na semana anterior (05 a 09/11) ficou negativo em R$ 1,48 milhão. Portanto, o SIE ficou divergente do Ibovepa no comparativo semanal, pois o IBOV fechou a semana anterior em leve alta de 0,42%. A seguir gráfico semanal desde o início de outubro da evolução do SIE x Ibovespa.


Ao meu ver a divergência mencionada acima é mais um motivo para aguardar pacientemente um melhor cenário para novas compras de curto prazo.

Até breve!

13.11.2007 | 0:16

IBOV – Forte sinal de baixa

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Na análise anterior comentei:

Um fechamento acima de 65.317 será um bom sinal para os comprados. Por outro lado, um fechamento abaixo de 62.959 sinalizará o possível teste da zona de suporte de 60.894 até 59.472 pontos.

O Ibovespa fechou o pregão desta segunda-feira, dia 12/11, em baixa acentuada de 4,34% . O grande candle de baixa deste dia representa um forte sinal de baixa, devido aos seguintes motivos:

  • Fechamento em 61.526 pontos abaixo dos suportes em:
    • 62.959 – fechamento do dia 05/11;
    • 62.279 – mínima do dia 09/11;
    • média móvel exponencial de 13 períodos.
  • Volume financeiro acima da média dos últimos 30 dias;
  • Grande candle de baixa com abertura igual a máxima do dia e fechamento próximo da mínima do dia.

Os motivos supracitados aumentam a probabilidade do Ibovespa testar a zona de suporte de 60.894 até 59.472 pontos. Outro suporte importante no gráfico diário está em 58.292, proporcionado pela máxima do topo do dia 19/07. Conforme destacado no último parágrafo da análise anterior, a cautela continua!

Commodities pesam e Bovespa tem 2a maior queda do ano

SÃO PAULO (Reuters) – Os preços de commodities registraram forte queda no mercado internacional nesta segunda-feira e a Bolsa de Valores de São Paulo foi atingida em cheio, registrando a segunda maior queda do ano.

“Como Petrobras sustentou a bolsa nos últimos dias, hoje está derrubando, em função do balanço”, disse Luiz Roberto Monteiro, assessor de investimentos da corretora Souza Barros.

“O pessoal também está com muito medo. Essa semana tem vários indicadores para sair (nos EUA, os índices de inflação) CPI e PPI, produção industrial”, complementou.

Até breve!

11.11.2007 | 10:15

IBOV – Análise da Semana: 05 a 09/11

Publicado na(s) categoria(s) Análises Semanais, Fluxo dos Investidores, Ibovespa, por Dalton Vieira

Gráfico Semanal

Em uma semana marcada pela briga entre touros (compradores) e ursos (vendedores) o Ibovespa fechou em leve alta de 0,42%, em direção oposta ao índice Dow Jones que fechou a semana em baixa superior a 4%. Será que o IBOV vai continuar a próxima semana “descolado” do Dow Jones? Sinceramente não acredito, pois a probabilidade é baixa.

Na análise da semana anterior destaquei:

A ocorrência de um Doji após um grande candle de alta aumenta as implicações baixistas no gráfico. No entanto, para confirmar o padrão de reversão deverá ocorrer na próxima semana um fechamento abaixo da mínima (63.773) desta semana.

Nesta semana o IBOV chegou a fazer uma mínima (62.279) inferior a da semana anterior, mas não fechou abaixo dos 63.773 pontos. Portanto, não houve a confirmação de um padrão de reversão. O candle desta semana demonstra indecisão, um equilíbrio da força dos touros e ursos.

Um fechamento na próxima semana acima da máxima de 65.282 sinalizará uma maior probabilidade para a continuidade do movimento de alta. Por outro lado, um fechamento abaixo da mínima desta semana confirmaria um padrão de reversão do movimento de alta após a ocorrência de dois Dojis, implicando no teste do suporte em torno dos 60.000 pontos.

Gráfico Diário

Neste tempo gráfico o IBOV rompeu sua linha de tendência de alta, testou o suporte em 62.959 pontos, mas não conseguiu fechar abaixo da média móvel de 13 períodos e da mínima do candle do dia 06/11, responsável por um bom sinal de alta.

Um fechamento acima de 65.317 será um bom sinal para os comprados. Por outro lado, um fechamento abaixo de 62.959 sinalizará o possível teste da zona de suporte de 60.894 até 59.472 pontos.

Fluxo do capital estrangeiro na Bovespa

Nas duas últimas semanas do mês de outubro os investidores estrangeiros compraram mais do que venderam. Entretanto, neste mês de novembro até o dia 07/11 as vendas foram superiores as compras, deixando o saldo dos investidores estrangeiros (SIE) negativo em R$ 956,71 milhões.

Na minha opinião, o SIE negativo somado a forte baixa do Dow Jones na semana são motivos suficientes para evitar novas compras de curto prazo na próxima semana e para quem está posicionado no curto prazo apertar as ordens de stop.

Até breve. Um ótima semana para todos.

 Página 1.176 de 1.205  « Primeira  ... « 1.175  1.176  1.177  1.178 » ...  Última »