Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Volatilidade

Volatilidade – Saiba o que é e qual sua importância no mercado

Entenda o conceito e quais são as informações importantes fornecidas por essa variável. Saiba também como obter a volatilidade das ações. Assista!

Mercados à Vista e Fracionário

Conheça os mercados à vista e fracionário e saiba suas principais diferenças

Saiba quais são as principais características dos mercados à vista e fracionário. Veja também como saber qual o lote padrão de um ativo. Assista!

Fim da Tendência de Baixa

Fim da Tendência de Baixa – Saiba como ocorre

Aprenda como uma tendência de baixa do preço é finalizada. Assista ao vídeo e entenda este importante conceito através de exemplos práticos na GFSA3 e AMBV3.

hs-candlesticks

Candlesticks – O que são e como são formados?

Saiba quais são as principais características e como fazer a leitura do comportamento do preço através do gráfico de Candlesticks. Assista ao vídeo!

Linha de Tendência de Alta

Linha de Tendência de Alta – O que é e quais são seus sinais gráficos

Saiba como traçar a LTA no gráfico de um ativo em tendência de alta. Descubra também quais são os sinais gráficos obtidos ao usar a LTA. Assista!


Blog

09.07.2007 | 0:12

CYRE3

Publicado na(s) categoria(s) Cyrela, por Dalton Vieira

CYRELA REALT ON – Cenário de Alta

Esta ação está em tendência de alta nos 03 tempos gráficos (diário, semanal e mensal). No gráfico diário (figura abaixo) no dia 28/06 formou uma Morning Star (padrão de reversão de alta dos candles, conforme livro do Steve Nison), gerando um ponto de compra no dia 29/06 com posicionamento do stop loss abaixo da mínima do dia 27/06 ($23,02) ou então em $22,20 que é abaixo dos últimos 03 fundos (27/06, 12/06 e 25/05).


No último pregão, dia 06/07, foi um ótimo dia de alta para a CYRE3. Destaques para este dia na minha opinião:

1. Maior fechamento histórico ($25,75) da CYRE3.
2. Fechamento acima da máxima dos dois últimos candles (04/07 – Doji e 05/07 – Hanging Man) que poderiam representar um padrão de reversão de baixa próximo à resistência;
3. Alto volume de negociações;
4. OBV (on balance volume) acumulando (alta).

Enfim, na minha análise o pregão da sexta-feira (06/07) aumentou a probabilidade do rompimento da resistência $ 26,20. Diante disso, segue possíveis estratégias de compra para esta ação, caso não tenha sido realizada no dia 29/06:

I. Compra no pregão desta terça-feira (10/07), posicionando o stop um pouco abaixo da mínima do dia 06 ou 05/07;
II. Após o provável rompimento da resistência $26,20 aguardar uma retração dos preços testando esta resistência como suporte e uma oportunidade (sinal) de compra próximo deste valor.

No lado do IBOV tivemos uma excelente semana, onde o candle semanal abriu na mínima da semana e fechou na máxima. Um bom sinal de alta após dois candles (gráfico semanal) de indecisão. Enfim, um cenário favorável para uma compra da CYRE3.

Obrigado pela leitura e até breve.

06.07.2007 | 0:41

Participação dos Investidores no Volume Total da Bolsa

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, por Dalton Vieira

Através do estudo que realizei nos dados históricos da participação dos investidores no volume total da Bovespa, percebi que há uma estabilidade desde 2005 na evolução de cada categoria, conforme mostra os gráficos abaixo:




Conforme destacado nos artigos anteriores sobre o Investimento Estrangeiro na Bovespa, o destaque está na correlação do saldo (compras – vendas) de cada categoria com o Ibovespa. Neste caso os Invest. Estrangeiros possuem uma maior correlação, com exceção de 2007, onde o saldo das Instituições Financeiras tem uma semelhança muito forte com o Ibov. Veja o gráfico abaixo.


Obrigado pela leitura. Até breve!

03.07.2007 | 23:35

Investimento Estrangeiro na Bolsa – Parte 2

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, por Dalton Vieira

Continuação…

Além dos comentários postados no artigo anterior sobre o Investimento Estrangeiro na Bolsa, percebi também no período de 1995 até 2007 que há valores “teto” para o saldo (compra – venda) dos invest. estrangeiros (SIE), basicamente seria como se estivessem sobrecomprados ou sobrevendidos. Uma questão interessante para se avaliar é o que ocorre com o Ibov a partir destes pontos ou próximo a eles? Observem o gráfico abaixo e veja os extremos do SIE (R$ + 3,7 e -2,26 bilhões – destacados no gráfico abaixo).

Obs.: O eixo esquerdo representa o saldo dos Invest. Estrangeiros e
o eixo direito a pontuação do Ibovespa.

Após a atualização dos dois últimos dias (28 e 29) do mês de Junho/07 o SIE ficou em R$ -2,08 bilhões, valor este que se aproxima do menor saldo (em Junho/06) desde 1995. Este ponto poderia representar um ponto de retorno e uma nova subida do Ibov, conforme o histórico dos extremos no gráfico. Nesta semana o Ibov fez dois dias de alta rompendo a sua máxima histórica. Uma pena a defasagem de dois dias úteis, por parte da Bovespa, na atualização da participação dos investidores no volume total da bolsa, pois na minha opinião seria muito interessante observar o comportamento do SIE no início deste mês.

Veja abaixo a tabela contendo a participação dos investidores no volume total da bolsa no mês de Junho/07.

Importante: dados extraídos do site da Bovespa

Obrigado pela leitura. Até breve.

01.07.2007 | 13:16

Por que acompanho o investimento estrangeiro na Bovespa?

Publicado na(s) categoria(s) Aprendizado, Fluxo dos Investidores, por Dalton Vieira

Entenda o motivo pelo qual acompanho e publico diariamente aqui no site a participação dos investidores na Bovespa, focando no capital estrangeiro.

Os estudos que realizei no mês de julho de 2007 foram baseados primeiramente em dados de janeiro de 2005 até junho de 2007. Meu objetivo era determinar a correspondência entre o saldo (compras – vendas) de cada categoria de investidores (pessoa física, institucional, invest. estrangeiro, emp. priv/publ., instituições financeiras e outros) e o Ibovespa. Dentro deste período verifiquei que a correlação entre o saldo (compras – vendas) dos investidores estrangeiros (SIE) na bolsa e o Ibov é forte. O que isto quer dizer? Quer dizer que se o SIE subir ou cair, o Ibov tende a ir na mesma direção.

A partir deste ponto decidi fazer o estudo desde 1995 até 2007 e constatei que a correlação entre o SIE e o Ibov continuou forte. Enfim, independente da porcentagem de participação dos invest. estrangeiros sobre o volume total da Bovespa, “eles” normalmente estão no lado certo, ou seja, alinhados com o Ibov. Por outro lado, a correlação do saldo das pessoas físicas e o Ibov é bem negativa, logo na maioria das vezes estão em sentidos opostos.

Nos últimos dois meses (maio e junho/07) houve uma divergência entre o SIE e o Ibov, ou seja, enquanto o SIE caiu, inclusive ficando negativo no mês de junho, o Ibov subiu (veja a figura do gráfico 2007). O que isto quer dizer? Levando em consideração que esta divergência é pouco frequente, o que tende a acontecer é o SIE subir e o Ibov fazer nova máxima histórica ou o Ibov cair acompanhando o movimento do SIE. Vamos observar o comportamento neste mês (julho/07).

A seguir os gráficos comparativos de 2005, 2006 e 2007.
compar-2005
compar-2006
compar-2007
Obs.: A escala do eixo esquerdo dos gráficos é em R$ Mil.

A minha interpretação para os estudos realizados é dar preferência para operações (trades) no sentido do movimento do SIE, apoiada pela análise gráfica do Ibov e das ações. Desta forma, acompanharei de perto a participação dos investidores no volume total da Bovespa. Esta informação está disponível no site da Bovespa com dois dias de defasagem (não sei qual o motivo desta defasagem!).

24.06.2007 | 16:37

Os sete pecados capitais nos investimentos

Publicado na(s) categoria(s) Aprendizado, por Dalton Vieira

Investimentos: Os Segredos de George Soros & Warren Buffett

MARK TIER

“O que você pode realmente aprender com os investidores mais bem-sucedidos do mundo.”

Inverdades prejudiciais sobre como alcançar o sucesso nos investimentos

Será que você comente algum destes pecados na hora investir ou concorda todos são “pecados capitais” na hora de investir? E por quê?

1. Acreditar que você precisa prever o próximo passo do mercado para obter um excelente retorno;

2. Acreditar em “guru”: se eu não capaz de prever o mercado, há alguém em algum lugar capaz disso. Tudo o que preciso fazer é encontrar essa pessoa;

3. Acreditar que é preciso por meio de “Informações privilegiadas” que se consegue ganhar muito dinheiro;

4. Diversificar;

5. Acreditar que é necessário assumir riscos muito altos para obter gandres lucros;

6. Acreditar no “sistema”: alguém, em algum lugar, desenvolveu um sistema – uma fórmula secreta que combina análises técnicas e fundamentais, negociações computadorizadas, triângulos de Gann e, quem sabe, astrologia – que garante a obtenção de lucros nos investimentos;

7. Acreditar que você sabe o que trará o futuro – e ter certeza de que o mercado “inevitavelmente” irá provar que você está certo.

Você concorda que os itens acima são pecados capitais nos investimentos? Eu particularmente compartilho dessa opinião. Por exemplo: eu já acreditei em um determinado “guru” do mercado e em suas fórmulas mágicas de se fazer dinheiro. Depois de um certo período percebi que suas fórmulas mágicas não resultavam em ganhos consistentes no mercado financeiro, pelo contrário era um verdadeiro “perde e ganha”, para a maioria o saldo final era negativo. O mais interessante é que as fórmulas mágicas mudavam constantemente. Por que mudavam tanto assim se eram fórmulas “vencedoras”? Foram perguntas iguais a esta que me fizeram a tomar certas atitudes como a de abandonar o “guru” e suas metodologias.

A partir deste aprendizado, percebi que a “fórmula mágica” está dentro de cada um de nós, por meio da dedicação e perseverança. Penso da seguinte forma: se alguém é capaz de ser bem-sucedido no mercado financeiro, eu também sou. O que busco extrair destas pessoas bem-sucedidas em suas áreas de atuação, como George Soros e Warren Buffett, é a forma como elas pensam, ou seja, qual é o modelo de dinheiro deles?

Enfim, acredito que o segredo para não cometer os pecados capitais supracitados é estudar bastante o assunto, realizar estudos estatísticos, obter informações que o ajudem na hora de decidir e trabalhar com as probabilidades.

21.06.2007 | 22:37

IBOV

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Pressão compradora coerente com o Clímax.

Nesta quinta-feira, dia 21/06, houve uma pressão compradora no Ibovespa logo após um dia de baixa e com volume considerável, como mostra a figura abaixo do gráfico Diário. No entanto, o volume de hoje foi inferior ao dia anterior de baixa e não conseguiu neste pregão fechar acima de 54.730 pontos, que é sua máxima histórica de fechamento.


O lado positivo desta pressão compradora é que ocorreu em sincronia com o indicador Clímax (figura ao lado) que voltou para cima da linha de 0% após estar na região sobrevendida de 30%.

Vamos verificar se o IBOV consegue fechar esta semana acima da máxima da semana passada (54.725 pontos) e com um bom volume, o que reforçaria a força dominante dos touros (compradores). Olhando para o lado dos comprados ou dos que ainda pretendem comprar, o ideal seria amanhã, dia 22/06, um fechamento acima de 55.000 pontos.

Com alta de hoje do IBOV identifiquei duas ações que fizeram nova máxima e fecharam acima das suas máximas históricas. São elas: GGBR4 e CMIG4. As duas tiveram um bom volume de negociações e estão com o OBV (on balance volume) acumulando. Destaque para CMIG4 que inclusive fez nova máxima no OBV. No entanto, são duas ações que já estão com altas consideráveis, logo operações neste ponto na minha opinião seriam de curtíssimo prazo.

Obrigado e até breve!

 Página 1.228 de 1.233  « Primeira  ... « 1.227  1.228  1.229  1.230 » ...  Última »