Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Médias Móveis

Médias Móveis – Aprenda como utilizá-las para auxiliar suas operações

Entenda o indicador mais versátil da Análise Técnica, quais são suas principais características e como usá-las a favor das suas operações.

Start ou Stop de Compra

Start ou Stop de Compra – Entenda como automatizar a compra de um ativo

Não tem tempo para acompanhar o pregão? Simples, automatize suas entradas através da ordem de Start. Saiba como!

Gaps de Alta e Baixa

Gaps de Alta e Baixa – Saiba o que são e como identificá-los no gráfico

Entenda como os gaps de alta e baixa são formados. Saiba quais são suas principais características e como tirar proveito. Assista!

Formações dos Candles

Formações dos Candles – Saiba quais são as principais e o que sinalizam

Saiba quais são as formações dos candles que representam força ou fraqueza dos touros ou ursos, bem como quais são os pontos de avaliação.

Início da Tendência de Baixa

Início da Tendência de Baixa – Saiba como ocorre

Aprenda a identificar o ínicio de uma tendência de baixa do preço. Assista ao vídeo e entenda este importante conceito através de exemplos práticos na BVMF3 e CSNA3..


Blog

17.01.2008 | 0:22

IBOV – Rompimento do suporte da congestão

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira

Nesta quarta-feira (16) o Ibovespa fechou em baixa de 1,89%. O fechamento em 58.777 pontos foi:

  1. abaixo do suporte de fechamento (59.069) da congestão, ocorrido no dia 17/12; e
  2. abaixo do suporte proporcionado pelo fundo do dia 18/12.

A mínima (58.077) de hoje (16) também rompeu a mínima da congestão em 58.095 pontos, “quebrando” assim a tendência de alta do gráfico diário (figura ao lado). Ao chegar neste importante suporte ocorreu uma pressão compradora evitando o fechamento abaixo de 58.095 pontos.

A divergência de alta do Clímax do Ibovespa nesta região de suporte é um sinal de uma possível “recuperação” para o próximo pregão (17). Entretanto, vale ressaltar que os suportes superados nestes dois dias de queda servirão de resistências para uma possível alta do IBOV.

Palavra da vez: Recessão


Ex-chairman do Fed Volcker culpa BC dos EUA por “bolhas”

WASHINGTON (Reuters) – O ex-chairman do Federal Reserve Paul Volcker acredita que o banco central norte-americano é o culpado por permitir a formação de “bolhas” nos mercados, e diz que o atual chairman Ben Bernanke está em uma posição complicada.

“Eu acho que Bernanke está em uma situação muito difícil”, disse Volcker à New York Times Magazine, em matéria que será publicada no domingo. O jornal disponibilizou o texto para a imprensa com antecedência.

É caros amigos e investidores os sinais de que entraremos em um período de tendência de baixa no Ibovespa estão cada vez mais claros. Realmente, diversos autores de livros de investimentos tem razão quando dizem que ao aparecer com muita freqüência na TV, jornais e revistas o assunto “bolsa de valores”, este é o momento de ligar um alerta ou realizar lucros (encerrar posições abertas), pois a tendência de alta está próxima do fim. É um grande aprendizado que se absorve com a prática, ou seja, com o dia-a-dia no mercado.

Até breve!

16.01.2008 | 23:12

Entenda o indicador Clímax

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

O Clímax é um indicador misto criado por Joseph Granville. Sua principal característica é aprensentar momentos em que o mercado, índices ou setores da economia está “sobrecomprado” ou “sobrevendido”.

O cálculo do Clímax é realizado através do saldo das ações que subiram e caíram no dia coerente com o OBV (On Balance Volume). Para exemplificar vamos pegar o índice Bovespa composto atualmente por 64 ações (até o abril/2008). Suponha-se que a ação da VALE5 fechou o dia em alta e seu OBV está acumulando, logo a VALE5 representará +1 no Clímax do Ibovespa.

  • Ação em alta + OBV acumulando = +1
  • Ação em baixa + OBV distribuindo = -1

Observe a seguir a figura demonstrando o cálculo do Clímax em uma determinada ação.

Nota: A figura acima foi extraída da ajuda do software de análise gráfica Winstockchart (site: www.winstockchart.com.br)

Desta forma, o cálculo do Clímax do Ibovespa é a soma dos resultados obtidos em cada ação, conforme explicado acima. Neste caso (IBOV) o valor diário obtido variará entre +64 e -64. Veja uma pequena amostragem desta soma.


O principal sinal do Clímax está na divergência de alta ou baixa na região sobrevendida ou sobrecomprada, respectivamente. O gráfico abaixo exibe uma divergência de alta do Clímax com o Ibovespa no dia 16/01.

* O gráfico acima foi retirado do software de análise gráfica Winstockchart (site: www.winstockchart.com.br)

A divergência de alta sinaliza uma possível alta do Ibovespa para o próximo pregão (17/01). Observe que os pontos onde ocorrem os picos (topos) e os vales (fundos) delimitam as regiões sobrecomprado e sobrevendido, que são os locais a se observar possíveis divergências.

Agora é acompanhar o Ibovespa para verificar se o sinal deixado pelo Clímax se confirma no próximo pregão (17). É importante ressaltar que este é mais um indicador para realizar a leitura do mercado, conforme a LAD. Portanto, este não representa um trade system, ou seja, a divergência de alta não representa por si só um momento para sair comprando. É apenas um sinal a se avaliar junto a outras análises.

Desejo sucesso nos estudos e investimentos. Até breve!

16.01.2008 | 10:58

E o pessimismo continua…

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, Mercado, por Dalton Vieira

Nesta quarta-feira (16) as bolsas de valores asiáticas fecharam em forte baixa, com o índice Nikkei (Japão) registrando queda de 3,35%. Foi o pior fechamento em 02 anos e 02 meses. Em Shangai (China) a queda ficou perto dos 3%.

Na Europa as bolsas de valores até o momento (09:55h) operam em baixa novamente. A Inglaterra (FTSE 100) e Alemanha (DAX 30) registram baixa superior a 1%.

Com o cenário de hoje (16) aumenta a probabilidade do IBOV testar o suporte de fechamento em 59.069, referente ao dia 26/11. Na minha opinião é um suporte muito importante do gráfico diário, pois foi o menor fechamento antes do movimento de alta que determinou a congestão (faixa de negociação) do índice, destacado na análise da semana anterior.

Vamos acompanhar. Até breve!

16.01.2008 | 0:41

Dia de notícias ruins e recessão no ar

Publicado na(s) categoria(s) Ibovespa, por Dalton Vieira


Varejo fraco e prejuízo do Citi abalam Wall Street

NOVA YORK (Reuters) – As bolsas de valores dos Estados Unidos caíram mais de 2 por cento nesta terça-feira, depois que o prejuízo trimestral recorde do Citigroup e o pior resultado em cinco anos das vendas no varejo alimentaram o temor de recessão.

O quadro para as ações ficou ainda pior depois que o governo divulgou que as vendas no varejo caíram inesperadamente em dezembro, para fechar o pior ano desde 2002. A alta dos preços de energia e a queda do valor das moradias reprimiram o consumo durante a temporada de compras de fim do ano.

O dia que já havia começado ruim nas bolsas de valores asiáticas e européias, principalmente devido à notícia do Citibank, ficou horrível quando foi divulgado o resultados das vendas no varejo nos EUA. Neste clima de forte pessimismo o Ibovespa fechou o dia em forte baixa de 3,67%. Hoje (15) das 64 ações que compõem o índice Bovespa nenhuma terminou o dia em alta, ou seja, coerência na queda.

O fechamento em 59.907 pontos foi abaixo do suporte proporcionado pela mínima (60.091) do dia 07/01. Portanto, há uma grande probabilidade do suporte em 59.414 pontos ser testado nesta quarta-feira (16), havendo a possibilidade de ocorrer uma força compradora a partir deste ponto.

Parece que o Ibovespa realmente vai confirmar o sinal antecipado deixado pela LAD (linha de avanços e declínios). Este sinal seria o rompimento com fechamento abaixo do fundos do dia 17/12 e 26/11 (valor de fechamento), o qual foi publicado no dia 06/01 através da análise semanal: 02 a 04/01.

Até breve!

15.01.2008 | 11:55

Turbulência – Apertem os cintos

Publicado na(s) categoria(s) Fluxo dos Investidores, Mercado, por Dalton Vieira

Nesta terça-feira (15) o maior banco norte-americano, Citigroup (Citibank), anunciou um prejuízo no 4o trimestre/2007 de 9,83 bilhões de dólares. É o primeiro prejuízo trimestral no banco desde a sua criação (1998), de acordo com a Reuters.

Outro fato a observar é que os investidores estrangeiros continuam vendendo mais do que comprando em 2008. A divergência entre o saldo dos investidores estrangeiros na Bovespa e o Ibovespa aumentou no mês de janeiro (até o dia 10). Veja o gráfico abaixo.


Bolsas de Valores hoje (15)

As bolsas asiáticas fecharam em queda aproximada de 1%, devido a preocupação com a divulgação dos balanços dos bancos norte-americanos. As bolsas européias operam em baixa nesta terça-feira, a de Londres está em baixa acima de 1,3%.

Enfim, os dados não são bons para o pregão de hoje na Bovespa. É apertar os cintos (stops) e aguardar pacientemente melhores oportunidades.

Até breve!

13.01.2008 | 13:05

Entenda a LAD – Linha de Avanços e Declínios

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

A LAD é um indicador misto criado por Joseph Granville. Sua principal característica é monitorar a saúde geral do mercado (todas as ações), índices e setores específicos da economia.

O cálculo da LAD é realizado através do saldo das ações que subiram e caíram no dia. No caso do Ibovespa, que atualmente é composto por 64 ações (até abril 2008), a LAD é o saldo acumulado da quantidade de ações que subiram menos as que caíram em um determinado dia. Desse modo, se no dia X houve 40 ações em alta e 24 em baixa o valor da LAD foi de +16 (alta).

Podemos dizer então que é o chamado “cabo-de-guerra”, de um lado touros (compradores) e do outro ursos (vendedores). Neste caso a força de um touro é igual a de um urso, logo o que faz um lado ganhar ou perder a disputa é a quantidade superior de “puxadores” ao lado oponente. Uma ação em alta é um touro puxando a corda. Por outro lado, uma ação em baixa é um urso puxando a corda. Quando uma ação não fecha em alta nem em baixa (0,00%) este possível participante do cabo-de-guerra fica apenas assistindo a disputa.

Nesta analogia a corda simboliza o mercado, índice (ex.: Ibovespa) ou um setor (ex.: siderurgia). Se em um determinado dia houve mais ursos (ações em baixa) que touros (ações em alta) puxando a corda do Ibovespa, o mais provável é que o índice feche o dia em baixa. Caso o índice feche este dia em alta temos então a chamada divergência de baixa que falarei a seguir, inclusive com exemplos reais ocorridos recentemente.

A tabela abaixo demonstra o cálculo da LAD.


A seguir o gráfico gerado a partir do saldo acumulado da LAD (coluna destacada com a cor verde).


Um dos principais sinais obtidos com este indicador é se a alta ou baixa de um determinado índice, setor ou mercado como um todo está coerente ou divergente com a LAD. Por exemplo: nos dias 28/12/2007 e 03/01/2008 o Ibovespa fechou o dia em alta, porém nestes dias o número de ursos foi superior ao de touros. Portanto, a LAD do Ibovespa nestes dias ficou negativa (queda) ocasionando uma divergência de baixa.

Esta divergência de baixa sinaliza que a maior probabilidade do Ibovespa é acompanhar a queda registrada pela LAD. Observe no gráfico* abaixo as divergências sinalizadas com as setas vermelhas e que no dia seguinte o IBOV (linha azul) fecha em baixa acompanhando a LAD (linha vermelha).

* Gráfico extraído do programa de análise gráfica Winstockchart, disponível para download no site www.winstockchart.com.br.

Outro sinal interessante que a LAD produz é através do rompimento de uma resistência ou suporte. Veja no gráfico acima que o fundo da LAD (linha vermelha) sinalizado com a seta azul é inferior ao fundo anterior. No entanto, o fundo do Ibovespa (linha azul) sinalizado também com a seta azul não é inferior ao fundo anterior. Neste caso o sinal é que há uma maior probabilidade do Ibovespa fazer o mesmo que a LAD, romper o fundo (valor de fechamento) do dia 17/12/2007.

Agora é a acompanhar o Ibovespa para verificar se o sinal deixado pela LAD se confirma nos próximos pregões.

Desejo sucesso nos estudos e investimentos. Até breve!

 Página 1.237 de 1.273  « Primeira  ... « 1.236  1.237  1.238  1.239 » ...  Última »