Pular a navegação e ir direto para o conteúdo


Blog

24.01.2011 | 16:02

Triângulo Ascendente – Saiba como identificar e tirar proveito

Publicado na(s) categoria(s) Análise Técnica, Aprendizado, por Dalton Vieira

Olá amigos investidores, sejam muito bem-vindos a nossa sala de aprendizado. Explicarei neste vídeo como identificar e tirar proveito do padrão gráfico chamado Triângulo Ascendente, também conhecido como Triângulo de Alta.

O que é o Triângulo Ascendente?

É um padrão gráfico ou figura de continuidade que representa um momento de consolidação do preço. Mas como ocorre a formação do padrão? O triângulo de alta é formado por no mínimo dois topos em uma mesma faixa de preço e dois fundos ascendentes.

Na região dos topos é traçada uma linha horizontal que funciona como resistência. Ligando os fundos é traçada uma linha diagonal ascendente que funciona como suporte do padrão. Após traçar as linhas é possível verificar melhor a formação do triângulo de alta.

Quais são as principais características?

Primeiro, o triângulo ascendente é considerado uma figura altista, visto que há uma força maior por parte dos compradores pressionando o preço na linha horizontal. Desta forma, o mais provável é ocorrer o rompimento da resistência do padrão.

Outra importante característica é a projeção da figura. A projeção nada mais é que o objetivo de alta que o preço pode atingir após romper a resistência. E como é calculada esta projeção? Simples, basta pegar a altura da base do triângulo e logo após o rompimento projetá-la acima da resistência, visando ter uma ideia até que ponto o movimento do preço pode chegar.

No exemplo acima suponhamos que o valor da resistência é de R$ 30,00 e a mínima do 1º fundo é R$ 27,00. Sendo a altura R$ 3,00, no rompimento da resistência a projeção de alta estará por volta dos 33,00.

Mas o que é o rompimento?

Basicamente é um movimento do preço que supera a resistência deste padrão gráfico. O rompimento é considerado válido quando há pelo menos um fechamento acima da resistência. Além disso, quais são os fatores que aumentam a importância do rompimento?

1. Número de toques – quanto maior for o número de vezes que a linha horizontal de resistência for tocada, mais significativo tende a ser o rompimento, aumentando assim a chance de atingir a projeção de alta.

2. Volume – um volume acima da média no rompimento aumenta a chance de continuar a movimento de alta responsável pela superação da resistência.

Exemplo – PDGR3

Vamos a um exemplo prático de como tirar proveito deste padrão. No gráfico diário da PDGR3, figura abaixo, observe inicialmente que houve a formação de dois topos em uma mesma faixa de preço, local onde traçamos uma linha horizontal de resistência partindo do 1º topo.

Em seguida, há a formação de um fundo mais alto que o fundo anterior, o que possibilita traçar uma linha diagonal ascendente partindo do fundo mais baixo. A partir deste momento já é possível visualizar bem a formação do triângulo de alta.

Na sequência a resistência do padrão volta a ser testada e um novo recuo ocorre. Só que desta vez, a pressão compradora não permitiu o retorno até a linha diagonal. Logo após, há o rompimento da resistência destacado pelo ponto A, proporcionando uma boa oportunidade de compra.

Repare que o movimento de alta após o rompimento alcançou o objetivo, ou seja, a projeção de alta determinada pela altura do triângulo ascendente, gerando a oportunidade de colocar o lucro no bolso.

Etapa concluída

Parabéns! Você concluiu mais uma etapa.

Espero sempre contar com a sua presença na nossa sala de aprendizado. Muito obrigado!

Recomendo!

Assista também ao vídeo Padrões Gráficos. Deseja continuar o aprendizado? Simples, acesse o menu Aprendizado do site e desfrute dos diversos vídeos e artigos disponíveis.

12 Comentários

Assine os feeds dos comentários deste post

  1. EvertonRic disse:

    Olá Dalton, acompanho smpre suas analises e trader, parabéns pela iniciativa.
    grato,
    evertonric

  2. Dalton Vieira disse:

    Olá Everton,

    Muito obrigado! Espero sempre vê-lo por aqui.

    Grande abraço.

  3. Samir disse:

    Muito bom suas video aulas!
    Parabéns pelo excelente trabalho!

  4. Dalton Vieira disse:

    Obrigado Samir,

    É um prazer vê-lo por aqui diariamente.

    Grande abraço.

  5. wilson macedo disse:

    é muito boa suas aulas com você

  6. Dalton Vieira disse:

    Olá Wilson,

    Muito obrigado pelo comentário e por prestigiar o conteúdo do site.

    Grande abraço e um excelente final de semana.

  7. Gabriel disse:

    Perfeito ótimas aulas.
    Só uma observação. O exemplo da PDGR3 citado, mostra a formação de tres topos em uma mesma linha horizontal e não de dois topos apenas conforme citado. Nesse caso de topos triplos que testam uma mesma região, o fundo que deveria servir como base para altura do triângulo e a posterior projeção, não deveria ser o que antecede o 1º topo do padrão ?!

  8. Dalton Vieira disse:

    Olá Gabriel,

    No exemplo da PDGR3 há a formação de dois topos. O próximo teste da linha de resistência dos topos anteriores gera, no meu ponto de vista, uma pequena lateralização (não necessariamente um topo) nos dois pregões seguintes. A projeção é dada pela distância do fundo mais baixo, onde inicia a linha de diagonal ascendente, até a linha de resistência que liga os topos.

    Grande abraço.

  9. Lucas disse:

    Olá Dalton, Muito bom.
    Gostaria de ver uma matéria sobre o Livermore Accumulation Cylinder e se realmente é um dos padrões mais confiáveis de compra e venda!
    Obrigado

  10. Dalton Vieira disse:

    Oi Lucas,

    Obrigado pela sugestão, mas não cheguei a fazer um estudo aprofundado para criar um artigo deste padrão.

    Grande abraço.

  11. Ricardo Silva disse:

    Olá, Daltan! Tenho aprendido muito com suas postagens, acompanho seus trades no investing.com também.

    Baseado nessa análise que você fez, fiz uma aplicação em WEG3. Já obtive um ganho razoável em poucos dias, mas acredito que ela pode ir bem mais longe, na casa dos 22,50 em um prazo de 2 meses (cotação no momento dessa mensagem: 19,62). O que acha?

  12. Ricardo Silva disse:

    Dalton, perdoe-me pelo erro no seu nome na mensagem anterior.

Deixe seu comentário

  • Para sua imagem aparecer ao lado de seu nome nos comentários, cadastre-se no Gravatar usando o mesmo e-mail com o qual comentou.
  • Para pedidos de parceria utilize o formulário de contato.
  • Comentários que deixam a impressão de divulgação de outro site através do fornecimento de links serão excluídos.